Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Wellington Fagundes afirma que prefeito Léo não cumpriu com a palavra


“Não vou abandonar Primavera do Leste, continuarei trabalhando por esta cidade, porque esse povo tem meu respeito, e sou presente com tantas obras e continuarei. Mas quero dizer ao prefeito Leo que teve meu voto de confiança, teve da minha parte uma participação efetiva na eleição passada, mas ele não cumpriu o acordo, pois hoje estou candidato e ele teria me prometido apoio. Ele não cumpriu sua palavra, o futuro político dele é trevas. Politicamente eu quero deixar em público que tomei posição política, porque quem não cumpre, mente e não faz a verdade não merece meu respeito”. Afirmou  Wellington Fagundes durante visita a Primavera do Leste.

Da Redação

O candidato a governo do Estado de Mato Grosso Wellington Fagundes pelo Partido da República (22), esteve nesta segunda-feira em Primavera do Leste em campanha eleitoral. Participaram da reunião política lideranças da cidade, como presidentes de bairros, presidentes de assentamentos, ex-vereadores, comerciantes, candidatos a Deputado Estadual e simpatizantes, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Wellington em uma de suas falas explicou que quando Leonardo Bortolin, prefeito de Primavera do Leste foi candidato, teve seu apoio político e hoje ele não cumpriu com a palavra. “O Erico Piana em um final de semana me procurou para falar sobre um projeto político que seria bom para Primavera do Leste e na ocasião eu falei que seria candidato ao governo e pedi o apoio. Ele disse que eu poderia apoiar porque o Leo cumpriria com sua palavra. Mas não foi isso que aconteceu. Eu cheguei a pedir para o Luis Costa que é hoje candidato a Deputado Estadual, para não sair para prefeito e abraçar nosso projeto político e Luis desistiu. Mas o Leo não cumpriu o compromisso, e gente que não compre a palavra tem problemas políticos futuros.”

O candidato afirmou que está entusiasmado com a campanha e animado com Primavera do Leste por ser um político atuante e municipalista, disse ainda que independente do prefeito irá continuar trabalhando por Primavera do Leste e destinando recursos para o município, afirmou ainda que acredita na cidade e em todos os Primaverenses. “Ele não cumpriu sua palavra, o futuro político dele é trevas. Politicamente eu quero deixar em público que tomei posição política, porque quem não cumpre, mente e não faz a verdade não merece meu respeito. Vamos seguir em frente com nossa campanha, porque eu sou um político que estou no interior e conheço a realidade e estarei sempre atuando fortemente em Primavera do Leste”.

Com muito entusiasmo Wellington contou um pouco de sua história relatando a luta do povo pelo desenvolvimento do Estado e por Primavera do Leste, relembrou que foi Deputado Federal por seis mandatos e também senador por dois. Afirmou que quem ganha à eleição tem que ser mais humilde do que quem perde, pois para governar é preciso agregar. Wellington disse que nunca se mudou definitivo para Brasília e sempre esteve em Mato Grosso, percorrendo as cidades e trabalhando por cada realidade.

Criticou a situação atual do Estado, com falta de recursos, e de organização, e disse que agora é hora do eleitor mudar essa realidade. “Temos três candidatos, um que é o governo do isolamento, sem diálogo, outro que não conhece a realidade de nosso estado, que acha que sabe mais que todo mundo, e temos nós, que sempre atuamos no interior, buscando recursos e conheço bem o que cada município precisa”.

Durante sua fala, Wellington afirmou que em seu governo ele irá priorizar obras que iniciaram e não foram concluídas e que não irá deixar obras paradas. Também mencionou a importância dos recursos e sua luta pela educação com exemplo a chegada do Instituto Federal (IFMT) em Primavera do Leste, que foi uma luta de sua gestão, como também a conquista da Universidade Federal de Rondonópolis. “Um dos meus projetos é escolarizar a educação, trazer a família para a escola, e esse envolvimento irá melhorar ainda mais nossa educação”.

Além da educação, Wellington falou do projeto do centro de apoio para a agricultura familiar, para fomentar ainda mais o estado, e sobre fazer mutirões de regularização fundiária, já que mais de 80 mil propriedades estão irregulares. “O voto é uma confiança que o eleitor coloca no político e a marca Wellington Fagundes é trabalho. Sou um homem de cumprir palavra e sou um trabalhador presente. A cada dia mais, estamos consolidando e vamos para o segundo turno e ganhar essa eleição”.

Para encerrar o candidato fala da importância da mulher na política e explica que a mulher precisa sim ser reconhecida, e respeitada e por isso hoje a vice- governadora de sua chapa é Sirlei Theis, uma servidora pública, que estudou, batalhou e que representa as mulheres com sua história de vida, de luta e força.

O Candidato a Deputado Estadual, Luis Costa pelo Partido da República com o número 22123, esteve presente no ato político e declarou apoio político ao Wellington Fagundes para governador e listou várias ações que o candidato fez por Primavera do Leste, destinando recursos para o aeroporto municipal, para a travessia urbana, duplicação da BR-070 saída para Cuiabá, novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mais de 700 casas para o residencial Guterres, recursos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), investimentos em escolas, obras de drenagem, creches, rede de esgoto, recapeamento da BR-070, asfalto para a Colônia Russa, conclusão do asfalto que da acesso a Vila União, postos de saúde, entre outras.

“Wellington é recebido com muito carinho pelos primaverenses, pelo seu trabalho prestado a esta cidade e nós temos uma dívida com o senhor, por tudo que fez pelo nosso município e eu quero ser Deputado Estadual para trabalharmos juntos por Primavera e todo nosso estado. Quando ando pelas ruas, não faço promessas impossíveis de cumprir, mas sei que no seu governo e com o meu mandato, vamos trabalhar na necessidade do nosso povo. Chega da velha política em que o candidato só aparece aqui de quatro a quatro anos, só para pedir votos. Nós passamos pelas ruas com essa mensagem, levando o Wellington e levando o Luis Costa 22 123, porque somos gente cuidando de gente”. Mencionou Luis Costa.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Naudi Rohr, também fez uso da palavra, e afirmou que o Wellington vai para o segundo turno e irá ganhar esse governo. Naudi pediu atenção do candidato aos comerciantes, disse que o comércio é o grande gerador de emprego deste País, e o governo não pode deixar de lado o que os comerciantes tem feito pela economia. O presidente da CDL reclamou da carga tributária imposta pelo estado e pediu que facilite o empréstimo aos comerciários, sem juros altos.

“É necessário dar uma atenção aos grandes geradores de emprego deste estado que é o comércio e acredito que você Wellington irá garantir políticas em que garanta uma melhor condição aos empresários. Também quero pedir que em seu governo as obras que estão paradas sejam terminadas, e que seja um compromisso de iniciar a obra, e o senhor finalizar”.  Conclui Naudi.

Veja o vídeo


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é preso por fazer sexo com animal em Primavera do Leste


Um homem de 52 anos foi preso na última segunda-feira (13), em Primavera do Leste, após ser flagrado praticando zoofilia (sexo com animal) com um dos seus cães.

Vizinhos filmaram o ato e acionaram a Polícia Militar.

Quando os policiais chegaram, ele foi pego em flagrante praticando o crime.

O homem, encaminhado à delegacia, disse aos policiais que “era melhor fazer com a cadela, do que estar fazendo coisa errada na rua”.

Durante a ocorrência, o Conselho Tutelar foi acionado para ficar com o filho do suspeito, que sofre com problemas mentais.

Ele foi autuado pelo crime e irá responder em liberdade.

 

Cães resgatados

A PM informou ainda que após tomar conhecimento das agressões sofridas pelos animais, uma ONG da cidade ajudou no acolhimento das cadelas, que são mãe e filha.

Foi relatado que elas eram exploradas e que o comportamento da mais nova era agressivo e parecia ter medo dos cuidadores.

Elas foram encaminhadas para um hospital veterinário, onde exames vão comprar a origem das lesões.

GD


HOME / NOTÍCIAS

política

Janaina chama Ulysses de “personagem” e cita gasto com VI, passagem aérea e R$ 100 mil em cargos


A presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), usou suas redes sociais para rebater a nota divulgada pela assessoria de imprensa de Ulysses Moraes (DC), na qual disse que a emedebista usufrui de “mordomias” da Casa de Leis e que quer distância da colega, por conta de seu sobrenome. Em um vídeo cujo título é “A diferença entre falar e fazer”, Janaina lamentou a situação que se instalou entre os dois, voltou a chamar o democrata cristão de “demagogo” e completou dizendo que, assim como ela, ele também usufrui da estrutura disponibilizada pela AL.

Janaína citou uso de verba indenizatória por parte de Ulysses e seu chefe de gabinete, gasto com passagem aérea e de mais estrutura disponibilizada pela AL. “Usar o quadro de funcionários total da Assembleia; tem três efetivos no gabinete e gasta quase R$ 100 mil de servidores indicados pelo gabinete. Não foi eu que prometi que ia transformar isso”, rebateu.

“Eu to aqui para falar de um assunto que não é muito legal, inclusive já cansei de falar dele. Mas hoje eu dei algumas entrevistas falando sobre algumas demagogias e hipocrisias que eu vejo em relação a atuação parlamentar do deputado Ulysses Moraes. Primeiro que quando eu falo sobre sobre os recursos que são utilizados da Assembleia e algumas pessoas colocam isso como ‘ah, mas você gastou mais, ou outros gastaram mais’, eu nunca fiz palanque em cima de acabar com verba indenizatória ou com os direitos que os deputados possuem. Ao contrário, eu tenho certeza que foi a independência que isso me traz que me fez ser a deputada mais votada de Mato Grosso”, disse a deputada.

Janaína lembrou ainda que conheceu Ulysses antes de os dois dividirem a mesma legislatura na AL. Ela conta que foram colegas de faculdade e sempre tiveram uma boa relação. O problema, segundo Janaína, está no papel de Ulysses enquanto pessoa pública.

“Esse personagem em que ele se transformou me preocupa muito. Porque uma pessoa que usa passagem da Assembleia, carro da Assembleia, que usa hoje verba indenizatória. Que o chefe de gabinete usa verba indenizatória. Usa menos? Mas prometeu que ia acabar com isso. Usa menos passagem? Mas falou que ia acabar com isso, que era uma aberração. Inclusive acabou com a VI de muitos vereadores”. criticou.

O que provocou a “tréplica” de Janaína foi um posicionamento encaminhado por Ulysses à imprensa em que ele diz querer distância de Janaína e critica o sobrenome Riva, em referência ao pai da deputada, ex-presidente do parlamento. Essa nota que ele soltou hoje se referindo a mim só me mostra o quão limitado ele é, quando ele ofende a minha família e nao minha atuação parlamentar. Eu não trabalho em cima de hipocrisia”. Veja o vídeo completo abaixo.

A tensão entre os dois deputados começou depois que Janaina deu entrevistas criticando duramente o projeto de lei, de autoria de Ulysses, que prevê o corte em 50% no valor do teto da verba indenizatória que os parlamentares têm direito. A VI de Mato Grosso é a mais alta do Brasil, atualmente em R$ 65 mil. O texto apresentado pelo democrata cristão passou pela Comissão de Acompanhamento da Execução Orçamentária (CFAEO) e ainda será submetido ao Plenário.

Posteriormente, em nota, Ulysses se disse lisonjeado pelas críticas da colega, afirmou que luta para enfrentar as mordomias oferecidas pelo Legislativo. Regalias as quais, segundo ele, a emedebista não abre mão. Ainda na nota, ele aproveitou para alfinetar a família da deputada.

“Ser criticado por Janaina Riva significa que estou no caminho certo. Deste sobrenome quero distância. Estou lutando e enfrentando privilégios e mordomias oferecidos pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso aos parlamentares e tenho muito orgulho disso”, declarou.

https://www.instagram.com/tv/Bxit9RHgMWe/

 

Olhar Direto


HOME / NOTÍCIAS

A Palavra - Opinião

CAINDO A MASCARA / Deputado que propõe diminuir VI aumenta recebimento a ele próprio


O advogado Ulysses Moraes (DC), que se elegeu detonando a classe política e com promessas de romper paradigmas e de acabar e/ou diminuir privilégios e vantagens, está cada fez mais “seduzido” pela verba indenizatória paga aos deputados. E o “apego” que reflete no bolso cresce a cada mês.

Em fevereiro, marcando sua estreia na Assembleia, Ulysses recebeu apenas R$ 3 mil dos R$ 65 mil a que teria direito. E fez barulho com sua proposta, ainda em tramitação, de diminuir o valor da VI em 50%. No mês seguinte, o deputado optou por receber R$ 6 mil. Em abril, foram mais R$ 9,9 mil. Nos três meses foram R$ 18,9 mil. Triplicou o valor se comparado ao primeiro.

O chefe de gabinete do deputado, Aecio Guerino, também foi contemplado. Dos R$ 12 mil de VI mensal, ficou com a metade, totalizando R$ 18 mil nos primeiros 90 dias desta legislatura. Detalhe: Nem Ulysses e muito menos o seu chefe de gabinete prestam contas das despesas com verba indenizatória.

Por Romilson Dourado / RD News 


HOME / NOTÍCIAS

cidade

Bairro Padre Onesto Costa recebe unidade de saúde construída com economia do Legislativo


O aniversário de Primavera do Leste foi marcado pelo sentimento cívico de amor ao município; que nasceu de um sonho e trabalho de muitas pessoas e se transformou em um solo fértil e de oportunidades. A programação do cronograma de comemoração aos 33 anos, que começou em abril, contou com uma série de atividades culturais, inauguração de praça, unidade de saúde e clínica da Mulher. Nesta segunda-feira (13), data em que marca a emancipação do município, realizada em 1986, os vereadores da Câmara Municipal participaram do desfile cívico, da inauguração da Estratégia Saúde da Família, do bairro Padre Onesto Costa e das atividades culturais.

Durante o pronunciamento das autoridades, o presidente da Câmara, Paulo Márcio (DEM), destacou a importância do município no cenário econômico do estado e parabenizou os desbravadores por vencer os desafios e acreditar na potência. “Primavera do Leste se destaca pelo desenvolvimento pujante e, tenho certeza, que continuará atraindo pessoas, investimentos e proporcionando qualidade de vida a população”.

O governador Mauro Mendes (DEM), salientou que o município é um exemplo a ser mostrado para o Brasil e outros países. “Assim como outras cidades mato-grossenses, tem uma excelente qualidade de vida e infraestrutura urbanística bastante desenvolvida. Não tenho dúvida de que o círculo virtuoso de crescimento continuará pelos próximos anos”, concluiu o governador.

Para o prefeito Leonardo Bortolin (MDB), um dos fatores que tem possibilitado a construção de ações efetivas para a população, é relação harmônica com os poderes e o olhar coletivo. “Mesmo com a independência, o foco do bem comum e harmonia, tem possibilitado a construção de um trabalho significativo. A Câmara Municipal tem contribuído e participado ativamente do processo de melhoria na saúde, educação e geração de emprego e renda”.

Ele ainda lembrou, durante a solenidade de inauguração da unidade de saúde, do Padre Onesto Costa, com a entrega de 23 cadeiras de rodas e 11 de banho, da devolução da economia realizada pelo Poder Legislativo. “Quando assumi a gestão, havia cinco obras de unidade de saúde paralisadas. Conseguimos inaugurar quatro e, isso se deve também, a devolução do dinheiro realizada pelo Poder Legislativo aos cofres públicos, em que parte do recurso foi utilizada para retomada dessas obras”, afirmou.

Inauguração da Clínica da Mulher

Uma das bandeiras defendida pelo parlamento da Câmara e, principalmente, pela bancada feminina, é a melhoria do serviço de saúde para mulheres. Isso se efetivou, com a inauguração da Clínica da Mulher, realizada nesta última sexta-feira (10). O local oferecerá serviços de mamografia, Raio X, pediatria, obstetrícia e ginecologia.

Assessoria


HOME / NOTÍCIAS

política

Temer deixa a prisão após Justiça Federal expedir alvará de soltura


Ex-presidente estava preso preventivamente em São Paulo desde quinta-feira (9)

O ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou o Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar, em São Paulo, na início da tarde desta quarta-feira, 15. O emedebista estava preso preventivamente desde a última quinta-feira, 9, em uma sala de Estado Maior, espaço individual e sem grades, diferente de uma cela de prisão. Na quarta-feira, 14, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu libertá-lo. O político agora segue para sua residência, na capital paulista.

Por quatro votos a zero, os ministros do STJ Saldanha Palheiro, Laurita Vaz, Rogério Schietti e Nefi Cordeiro votaram para libertar Temer e o policial reformado João Baptista Lima Filho, conhecido como Coronel Lima, com medidas cautelares. O ex-presidente estará impedido de se relacionar com outros investigados, mudar de endereço, sair do país e exercer cargos públicos e partidários.

Temer e Lima são alvos da Operação Descontaminação, desdobramento da Operação Lava Jato no Rio para investigar desvios em contratos de obras na usina Angra 3, construída e operada pela Eletronuclear, estatal que recebia influência política do emedebista e aliados dele.

Quando a ação foi deflagrada, em março, Temer foi preso e passou quatro dias detido na Superintendência da PF no Rio, até ser solto por uma decisão liminar do desembargador federal Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

Na quarta-feira, 8, no entanto, a Primeira Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) suspendeu a decisão de Athié e mandou prender Temer novamente, assim como João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, amigo do emedebista há mais de 30 anos e suspeito de ser operador de propinas destinadas a ele.

Veja

 


HOME / NOTÍCIAS

esporte

Sete equipes primaverenses classificam-se para etapa estadual dos jogos escolares mato-grossenses


Equipes campeãs no 28º Jesp’s estiveram em Alto Garças disputando competição

De 3 a 8 de maio estudantes de instituições de ensino públicas e particulares de 11 municípios das regiões sul e sudeste do Estado participaram da primeira etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2019, em Alto Garças, que fica a 360 km da capital. O encerramento da competição ocorreu na última quarta-feira (08) no Ginásio Pituchão, com premiação das escolas campeãs nas modalidades coletivas de basquetebol, futsal, handebol e voleibol.

Em Alto Garças mais de 500 alunos com idade entre 12 e 14 anos (categoria B) participaram da competição. Primavera do Leste contou com representantes em todas as modalidades e naipes, classificando sete de oito equipes para a Etapa Estadual dos Jogos Escolares Mato-grossenses, que acontecerão em Sorriso entre os dias 16 e 22 de Julho.

Confira os premiados:

 

FUTSAL FEMININO
Classificação Escola Município
1º lugar Centro de Ensino Aquarela Primavera do Leste
HANDEBOL MASCULINO
2º lugar Colégio Nova Geração – COC Primavera do Leste
HANDEBOL FEMININO
1º lugar Col. Mãe da Divina Providência Primavera do Leste
 BASQUETEBOL MASCULINO
2º lugar Col. Mãe da Divina Providência Primavera do Leste
 BASQUETEBOL FEMININO
1º lugar Col. Mãe da Divina Providência Primavera do Leste
 VOLEIBOL MASCULINO
1º lugar Colégio Nova Geração – COC Primavera do Leste
VOLEIBOL FEMININO
2º lugar Col. Mãe da Divina Providência Primavera do Leste

 

Os alunos primaverenses foram campeões em suas respectivas modalidades no 28º Jesp’s – Jogos Escolares Primaverenses – promovidos pela Secretaria Municipal de Esportes e apoio da Secretaria Municipal de Educação. A logística para a ida dos atletas foi disponibilizada pela Prefeitura Municipal de Primavera do Leste, através da Secretaria Municipal de Educação com apoio da Secretaria de Esportes.

Ainda em maio os alunos campeões dos Jesp’s da categoria A (Juvenil) estarão representando Primavera do Leste na etapa regional, na cidade de Poxoréu, entre os dias 31 de maio e 5 de junho.

ASCOM – Prefeitura de Primavera do Leste


HOME / NOTÍCIAS

geral

Vigilante agarrada por bandido em assalto pode estar envolvida no crime


A tentativa de roubo frustrada ocorreu na tarde de sexta-feira (10), no supermercado Atacadão do Tijucal, em Cuiabá.

A vigilante da empresa Brinks que foi agarrada por um dos criminosos na tentativa de roubo na tarde de terça-feira (10), no supermercado Atacadão do Tijucal, pode ter ligação com os bandidos que praticaram o crime.

O delegado titular do Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Flávio Stringueta, responsável pelas investigações do caso, confirmou que há um depoimento que coloca a participação da vigilante no crime.

“Procede sim a possibilidade do envolvimento dela na ação criminosa. Temos o depoimento de uma pessoa que confirma isso. Mas, preferimos cautela”, afirmou.

O crime ocorreu por volta das 14h, cinco criminosos participaram da tentativa de roubo ao carro-forte, três deles morreram no local após trocar tiros com os vigilantes e policiais civis. Já outros dois comparsas conseguiram fugir e estão sendo procurados.

Para Stringueta, somente as investigações poderão comprovar o envolvimento a vigilante no crime. Mais pessoas devem ser ouvidas e também uma análise dos telefones dos bandidos, vão auxiliar na identificação de todos os participantes na ação.

“A vigilante prestou depoimento e agiu naturalmente, negando qualquer participação. Preferimos agir com cautela, poderíamos tê-la prendido em flagrante, mas preferimos a cautela”, ressaltou delegado.

Gazeta MT


HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Professor que trancou alunos em laboratório após surto faz tratamento psiquiátrico em Cuiabá, diz IFMT


Conforme nota emitida pelo IFMT, o professor ministrava aulas normalmente dentro do laboratório de geotecnologias para quatro alunos quando foi acometido de um surto.

Um professor que teve um suposto surto nesta sexta-feira (10) e se trancou com alunos em uma sala de aula no campus Octayde Jorge da Silva,do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), que fica no Centro de Cuiabá, precisou ser sedado e encaminhado a uma unidade de saúde.

O Coletivo de Psicólogos do IFMT diz que o professor encontra-se em acompanhamento psiquiátrico e psicoterápico, e ainda recebe acompanhamento psicológico da equipe de saúde mental do Campus Cel. Octayde Jorge da Silva. “Ninguém escolhe adoecer, precisamos nos unir e acolher o outro, sem julgamentos ou estereótipos. O professor presta excelente trabalho à comunidade escolar, com resultados profícuos no âmbito do ensino, pesquisa e extensão e, em contrapartida, tem total reconhecimento de seus estudantes”.

Conforme nota emitida pelo IFMT, o professor ministrava aulas normalmente dentro do laboratório de geotecnologias para quatro alunos quando foi acometido de um surto, situação que já vinha sendo acompanhada setor de psicologia do campus.

Ainda segundo o instituto, o laboratório é equipado com ferramentas utilizadas nas aulas práticas dos cursos de Técnico em Agrimensura e Tecnólogo em Geoprocessamento, como a machadinha e o facão que são utilizadas para fazer estacas de madeiras, denominadas piquetes, para que nas aulas de campo da disciplina de topografia os alunos marquem os pontos a serem georreferenciados com o teodolito.

Machado e facão foram apreendidos — Foto: TVCA/Reprodução
Machado e facão foram apreendidos — Foto: TVCA/Reprodução

De acordo com a nota, em nenhum momento o professor agrediu ou tentou agredir os alunos. Ele trancou a porta do laboratório e um dos alunos acionou o setor responsável para que viessem socorrer o professor, que não estava bem. O docente é mestre em geografia e reconhecido entre os colegas e alunos como excelente profissional, que atua no IFMT campus Cuiabá há mais de cinco anos com zelo e dedicação ao trabalho de educador.

A equipe de gestão do campus ao saber da situação, imediatamente acionou os profissionais de psicologia e abriu a porta do laboratório de Geotecnologia para que os alunos pudessem sair e o professor, ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os familiares do professor e dos alunos foram chamados, bem como a Polícia Militar para que fosse garantida a segurança dos alunos e do professor já que o fato tomou dimensões incertas, especialmente nas mídias digitais.

Conforme a Polícia Militar, os policiais conversaram com o professor e retiraram das mãos dele o machado e a estaca de madeira que ele usava para apoiar o machado e afiá-lo com um facão. As armas foram apreendidas.

O professor foi sedado pela equipe médica e levado a uma policlínica. Os alunos e os pais dos alunos foram conduzidos à delegacia para prestar depoimento e registrar boletim de ocorrência. O campus colocou à disposição o setor de psicologia para continuar o atendimento ao professor, aos alunos e aos pais.

G1 / MT


HOME / NOTÍCIAS

cidade

Prefeitura de Primavera do Leste divulga ações que serão feitas em combate ao Aedes Aegypti


O número de casos notificados de dengue em Primavera do Leste aumentou
consideravelmente. Em uma comparação dos quatro primeiros meses de 2018 para os quatro primeiros meses de 2019, o aumento foi de 93,1%. Saltando de 58 para 112 casos. O alto índice colocou o poder público em alerta.

Desde segunda-feira (07) uma força tarefa que busca localizara focos do mosquito da dengue está em atividade na cidade. Os casos de chikungunya foram oito casos notificados neste ao, o mesmo número do ano passado, já em relação a Zika, houve uma redução de 10 para 5. O Ministério da Saúde colocou a cidade de Primavera do Leste no nível de alerta em relação ao risco de surto para doenças relacionadas ao mosquito. Já que a cidade
tem o Índice de Infestação Predial (IPP) está em 1,4%, os dados foram obtidos em primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2019.

O Ministério da Saúde divulga esses dados para alertar as cidades que o sistema de vigilância e toda a população devem reforçar os cuidados para combater o Aedes aegypti. Na região de Primavera do Leste, o município de Poxoréu é o que tem a situação mais grave, com IPP de 4,2%, ou seja, alto risco para surto de doenças provocadas pelo mosquito.

De acordo com o levantamento mais de 80% dos focos do mosquito ainda estão dentro das residências. Por isso a conscientização de todos quanto a não deixar água limpa empossada é necessário.

DADOS DO ESTADO DE MATO GROSSO E NO BRASIL
Um levantamento da Secretaria de Estado de Saúde aponta que 5.394 casos de dengue foram registrados em Mato Grosso no primeiro trimestre de 2019. O número aponta para uma queda de 14,1% de incidência da doença, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Apesar de Mato Grosso ter apresentado redução nos números de casos, o índice de todo Brasil é assustador. De acordo com o Ministério da Saúde, o país já soma ao menos 322 mil casos da doença, de acordo com novo balanço do Ministério da Saúde, se levar em consideração o mesmo período do último ano, o crescimento é de 303% —o que indica que, após quase três anos com casos em queda, há uma retomada de um crescimento na transmissão da doença em diferentes regiões do país.

Intensificação nas fiscalizações, ampliação da jornada de trabalho das agentes comunitárias de endemias, contratação de equipes de bloqueio em caráter emergencial e decreto de Estado de Alerta são algumas medidas que a Prefeitura de Primavera do Leste tomará para reduzir o número de focos e proliferação do mosquito Aedes Aegypti, mesmo transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Com pontuação de 1,5 no Índice de Infestação do Vetor, Primavera do Leste é considerado um município com numeração baixa e situação controlada, já que a medição vai de 0 a 5. Através destes indicadores é possível identificar se os casos estão controlados ou se há um surto, no qual medidas emergências podem ser adotadas conforme as orientações do Estado.

Para acabar com focos da dengue e a proliferação do Aedes Aegypti, alguns
municípios adotam o sistema fumacê, que consiste em espalhar nuvens de inseticida pelas ruas e residências. Em Mato Grosso, este método é controlado pelo Governo do Estado. Como Primavera do Leste não possui índices elevados, o uso não foi autorizado.

De acordo com secretária municipal de Saúde, Laura Kelly, o trabalho em combate ao mosquito transmissor da dengue já é realizado, porém, devido ao último acontecimento que culminou na morte de uma menor, as ações serão intensificadas. Entre uma delas, Laura Kelly salienta a ação da equipe de bloqueio. “Iremos agir conforme as notificações”, diz.

A coordenadora de Vigilância Ambiental, Bárbara Pelissari, explica que as ações com equipes de bloqueio são feitas mediante a notificações de casos suspeitos de dengue. “Recebemos as condições do paciente, fazemos a investigação e constatamos se é dengue ou não. Com a confirmação, é feita a movimentação de até 15 pessoas que fiscalizam toda a região em que ela mora e trabalha, realizamos a varredura e posteriormente entramos com os bloqueios químicos, pulverizando o veneno para quebrar o ciclo de transmissão do mosquito”. Pelissari ainda salienta que todo este
processo deve ser feito de forma rápida.

Segundo dados da Vigilância Ambiental e Vigilância Epidemiológica, os bairros com maiores índices de notificação de casos de dengue, em escala de aproximação, são o Primavera II, Poncho Verde e São Cristóvão.
Mônia Maia, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, salienta que os números de notificações e confirmações de dengue são todos acompanhados regularmente. “Através disto é que conseguimos pensar em políticas públicas e promover ações de combate”, expõe.

A secretária de Saúde relata que aumentaram os números de atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no entanto, isso não quer dizer que são casos de dengue. Devido a isto, ela pede para que a população fique atenta aos sintomas e que procure o local em casos de necessidade. “Nossa equipe está preparada para atender a população”.

Laura Kelly orienta a população a ficar atenta com focos do mosquito que podem surgir em todos lugares, seja nas casas, lojas, industrias e “se vermos um copo descartável na rua temos o dever de jogar no lixo, pois ali pode acumular água. É nosso papel de cidadão”.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica pede para que a população fique atenta aos sintomas e que não façam a automedicação, já que está pode agravar o quadro de saúde do paciente.
O prefeito Leonardo Bortolin pontuou um problema recorrente em Primavera do Leste, que é a questão de terrenos baldios onde o cidadão adquire o local, mas não realiza as limpezas. “Temos loteamentos grandes em que os terrenos não são mais da imobiliária, já foram vendidos à população, mas o Poder Executivo que tem que limpar o local, já que a omissão do proprietário”.

ATENDIMENTO AO PÚBLICO
A Prefeitura de Primavera do Leste disponibiliza a Ouvidoria, onde cidadão pode fazer denúncias de focos de dengue. Tudo é feito de forma sigilosa e pode ser acessado através do http://primaveradoleste.mt.gov.br. Outra forma é entrar em contato com a Vigilância Ambiental pelo telefone (66) 3498 9147.

Fonte: Jaqueline Hatamoto / Pérsio Souza – Clique F5