Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Opinião

A volta de quem não foi


PDT nega retirada de Mateus Viana da disputa

A notícia divulgada na terça feira 17, pelo presidente do PSC (Partido Social Cristão) Oziel Oliveira e esposo da vereadora Carmen Borges PSC, foi desmentida pelo diretório municipal do PDT (Partido Democrático Trabalhista). A informação que circula pela cidade é que Mateus não quer ser o candidato a prefeito e sim uma imposição do pai e o tio, na busca de tentar manter o sobrenome Viana no poder.
É notório a vontade do presidente do PSC em ter a vereadora na cabeça da chapa e pular de vice-prefeita para prefeita, com sua forma própria de articular Oziel tenta somar forças e acomodar e convencer os Vianas para Carmen ser a protegida e candidata do grupo.
Já Mateus segundo informações de bastidores político não quer ser o candidato, porém de fato, o candidato do grupo é Mateus, porque não protocolou nem um pedido de desistência, enquanto o presidente do partido que ofereceu a vice para grupo, fala aos quatro cantos da cidade que Carmem é a candidata e estariam procurando um vice para ela, o mais provável que tudo não passa de especulações dos bastidores do poder primaverense, enquanto não define quem será o candidato dos Vianas, os fãs e fiéis eleitores brigam em redes sociais com comentários e xingamentos pedindo a volta de Mateus, a volta de quem nem se foi, o grupo ainda não colocaram a campanha na rua, enquanto outros fazem a campanha “volta Mateus”, o presidente e marido da vereadora Carmen tenta aquilo que tentou emplacar nas convecções, a Carmen ser a candidata a prefeita e com isso se torna o esposo da prefeita ou “primeiro damo” caso fosse eleita.
Torcemos para que vença o melhor para Primavera, quem quer trabalhar e lutar pelo nosso povo de fato e não apenas paixões de grupo políticos.
Foto montagem com imagens da internet


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Agentes da Cadeia Pública conseguem inibir ação de criminosos tentando jogar objetos ilícitos aos detentos


Da Redação

Após dias de levantamentos e investigações de que indivíduos tentariam jogar objetos ilícitos, a direção da Unidade da Cadeia Pública de Primavera do Leste, reuniu sua equipe e após campana, foi possível flagrar o suspeito que já teria arremessado uma linha de anzol por cima do muro da unidade e já estava amarrando os objetos.

A equipe de agentes conseguiu pegar o suspeitos , um deles nas proximidades da Cadeia Pública e o outro na sua residência, pois a equipe já tinha o nome é endereço dos elementos, por isso conseguiu chegar rapidamente no segundo suspeito.

Entre os objetos ilícitos também foi aprendido Substância aparentando ser maconha e uma quantidade de Durapox que seria usado para tampar os buracos usados para guardar os celulares e dificultar a localização pelos agentes. A Direção esclarece que as investigações continuam e agradece a população que sempre vem ajudando com denúncias.