Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa questiona funcionalidade da Secretaria de Esportes e Lazer em Primavera do Leste


Da Redação

A Câmara de Primavera do Leste aprovou o Projeto de Lei 912/2018, de autoria do Poder Executivo. A matéria cria a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, que na estrutura administrativa anterior fazia parte da Secretaria de Educação. O Projeto de Lei foi aprovado por unanimidade do plenário, em Sessão Extraordinária realizada na quinta-feira (01/11/2018). Diante da perspectiva positiva em trabalhar o esporte e lazer em uma secretaria independente, o vereador Luis Costa (PR), foi favorável ao projeto por ser um incentivador da prática esportiva.  No entanto na última semana, ocorreu um fato que chamou atenção do legislador. Uma família precisou de apoio para enviar o filho para um campeonato em outra cidade, e a “nova secretaria” de esportes e lazer não ajudou o menino.

“Eu quero aqui dizer que votei a favor da criação da Secretaria de Esportes e Lazer e isso gerou muita expectativa para mim e todos os esportistas da cidade, já que, com a secretaria as políticas públicas que incentivam e apóiam o esporte ficariam mais expressivas e acessíveis. Porém isso não ocorreu. Na semana passada um menino que pratica judô, me procurou junto à família pedindo apoio para uma viagem, em que iria participar de um campeonato, e assim eu os encaminhei a secretaria para que pudesse conversar e conseguir viajar com o apoio do executivo. Para minha tristeza, não foi isso que ocorreu, e o município não pode ajudar. Eu peço desculpas à família, pois fui informado que a secretaria funcionaria para apoiar a prática de esportes e lazer”. Questiona o legislador.

Em sua fala na primeira sessão ordinária do ano (04), Luis Costa completou dizendo que a Secretaria de Esportes e Lazer precisa encontrar mecanismos para apoiar os esportistas de nossa cidade, obedecendo aos critérios legais, “precisamos pensar na representatividade que nosso município pode ter lá fora, em como podemos ser reconhecidos como uma cidade que investe nas crianças, nos jovens e adultos, por meio do esporte. Não podemos deixar nossa cidade desassistida”.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereadores ouvem reivindicações de trabalhadores contra a empresa CityBus


Luis Costa prepara pedido de CPI para investigar a empresa

Da Redação

A comunidade tem reclamado das condições de uso do transporte coletivo de Primavera do Leste, e desde o ano passado o vereador Luis Costa (PR) começou a levantar dados necessários para investigar a situação. Em novembro o legislador acompanhou o trajeto do bairro Primavera 3 até o centro, e viu que a situação não é nada boa, pois existe a super lotação. Diante desta perspectiva e das reclamações que vem chegando ao gabinete do vereador e também a Casa de Leis, Luis Costa sugere que se instaure uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa CityBus.

E no dia de ontem (20), o legislador, juntamente com os colegas Carlos Venâncio (PSD) e Carmem Betti Borges (PSC), participaram da assembléia geral dos trabalhadores da Granja Mantiqueira e na oportunidade, ouviram os trabalhadores de Primavera do Leste e os que moram em Poxoréu, sobre as condições do transporte coletivo. A empresa Granja Mantiqueira fornece apenas o valor do transporte coletivo aos trabalhadores, não tendo assim nenhuma ligação com a empresa CityBus.

“Temos apenas uma empresa de transporte coletivo em nossa cidade que é a CityBus, e sabemos que a cidade talvez não tenha um número expressivo de habitantes que precise para ter uma outra empresa, sendo assim, a empresa que ganhou a licitação tem que cumprir com o contrato e fornecer um serviço de qualidade aos usuários”. Informa o legislador.

Segundo relatos de passageiros do município, os ônibus têm chegado com atraso nos pontos, tem circulado na cidade com super lotação, também alguns não têm as adequações necessárias para transportar passageiros e a empresa não dispõe de uma ouvidoria. Já os passageiros que vem da cidade de Poxoréu para trabalhar em Primavera do Leste, reclamaram do atraso em relação aos horários, já que muitos usuários precisam chegar a seus empregos nos horários.  Ainda alguns motoristas estão rodando em alta velocidade. Outro ponto citado é a falta de estrutura do ônibus que faz essa linha intermunicipal, em que, não possui cinto de segurança, estão super lotados e estragando no meio da estrada com muita freqüência.

“Já solicitei a prefeitura o contrato entre a empresa e o executivo para investigar o cumprimento, também estou juntando todas as reclamações, e irei, com outros colegas vereadores até a Coordenação Municipal de Trânsito e Transportes Urbano (CMTU) da cidade para verificar a situação das vistorias. Ressalto ainda que iremos falar com a Ager, órgão que fiscaliza as linhas intermunicipais para saber quais os padrões para transportar passageiros e iremos exigir os tacógrafos, como forma de acompanhar o bom andamento do serviço prestado”. Conclui Luis Costa.