Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa encerra o ano com mais de 200 solicitações de melhorias para Primavera do Leste


Da Redação

Foram 70 indicações, 20 requerimentos e 117 ofícios expedidos pelo gabinete do vereador Luis Costa (PR) durante o ano de 2018. Estas solicitações são frutos de muito trabalho. O legislador que é conhecido na cidade pelas suas andanças, realiza atendimentos a população em seu gabinete na Câmara Municipal, também vai ao encontro da comunidade quando é convocado, além de ser fiscalizador do executivo. Essas características fazem com que seu trabalho como representante do povo tem sido muito bem aceito, gerando retorno a sociedade.

Eu fui eleito pelo povo Primaverense para buscar melhorias a nossa cidade, como um agente fiscalizador e mediador do povo, sendo assim, ouço os problemas da gestão pública, também recebo sugestões de melhorias e desta forma aplico as propostas no dia a dia, procurando sempre representar da melhor maneira nossa comunidade”. Afirma Luis Costa.

Entre as solicitações apresentadas durante este ano, algumas foram atendidas pelo executivo e as que não foram serão reapresentadas em 2019 pelo gabinete do vereador, para que assim todas as indicações possam ser atendidas. Todos as indicações, ofícios e requerimentos foram protocolados e estão arquivados na Casa de Leis, além de estarem no portal da transparência para acesso de qualquer cidadão.

Todas essas indicações são resultados de muito trabalho, e pedidos do povo. A maioria destas solicitações são enviadas executivo, e eu, enquanto vereador, tenho sido um elo, entre o povo e a Prefeitura Municipal. Muitas ainda não foram atendidas, mas continuarei a nossa luta sempre buscando uma solução para as reivindicações”. Finaliza Luis Costa.

Abaixo algumas das solicitações de 2018:

Indicações

A troca de lâmpadas queimadas, também colocação das que estavam faltando, além da indicação para a mudança a iluminação pública do bairro Castelândia para Led;

A solicitação de parceria entre o executivo e a Associação Primaverense dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (APAPI), para que haja mais atividades;

Sinalização na entrada da granja Mantiqueira com a MT-130, com o objetivo de redução de acidentes. Essa indicação foi atendida;

A colocação de um ponto de ônibus em frente a EMEI Rosidalva Almeida no bairro Buritis, como também a instalação na frente do Conviver;

Sinalizações e quebra-molas na MT-130, perímetro próximo a cidade. Algumas foram atendidas.

Construções de praças em alguns bairros da cidade, como no Poncho Verde II;

Colocação de placas de sinalização na frente do Lago Municipal, com orientações a visitantes;

A limpeza e desentupimento de alguns bueiros na cidade, como no Bairro Guterres;

A implantação da ouvidoria do Sistema Único de Saúde (SUS) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Indicação atendida;

Tapa buracos pela cidade, como no bairro Primavera III;

Plantio de palmeiras nos bairros da cidade como Jardim Progresso e São José;

Limpeza e cercamento de nascentes e Áreas de Preservação Permanentes (APPs);

Atendimento de Auriculoterapia para os funcionários da UPA;

Fiscais nas margens da BR-070, para conter novas invasões. Essa indicação foi atendida;

Mutirão de castração animal, em parceria com a SOS Animais;

Um veículo para o Núcleo de Atendimento da Saúde da Família (NASF);

Abertura de uma nova rua como alternativa para a comunidade do bairro Primavera 3, que liga o Bairro Jardim das Américas. Indicação Atendida;

Manutenção das estradas dos assentamentos, como Toca do Jacaré, região das Furnas, Vale Verde e Nova Poxoreú;

Implantação de atividade culturais, pela secretaria de cultura na escola municipal São José;

A contratação de um maqueiro para a UPA;

A contratação de mais funcionários para o PROCON;

A construção de um posto policial na Avenida Porto Alegre, para apoio a Polícia Militar;

Ofícios

Informatização do Centro de Especialidades Médicas, Osvaldo Cruz.

Contratação de mais médicos para o ESF 3, do Bairro São Cristovão;

Averiguação de irregularidades no fornecimento de água nos bairros da cidade, principalmente, Buritis, Padre Onesto Costa, Guterres, entre outros;

Contratação de mais médicos oftalmologistas;

A compra de próteses dentárias para os postos de saúde;

Blitz da Lei Seca para serem realizadas pelas forças policias;

Recuperação de ruas no Bairro Parque Eldorado;

Limpeza em terrenos baldios da cidade, principalmente nos bairros Primavera II, Tuiuu, Guterres, Castelândia, COHAB Tancredo Neves, Poncho Verde, entre outros;

Tela de proteção para a quadra de esporte do bairro Guterres;

Manutenções nas escolas municipais, São José e Mauro Weis, também nas escolas estaduais, extensão Nova Poxoreú, Massapé e Campo Vila União;

Solicitação ao executivo para a transmissão ao vivo dos processos de licitação;

Colocação de manilhas nas margens da BR-070 e recuperação da estrada vicinal próxima a Polícia Rodoviária Federal (PRF);

Solicitação de redução do pedágio cobrando pela concessionária que administra trecho entre Primavera do Leste a Rondonópolis;

Solicitação de regularização da entrega de correspondências pelo Correio;

A aquisição de ambulâncias para a UPA;

Verificação e solicitação de continuidade das obras paradas da creche e posto de saúde do Bairro Jardim Luciana;

A construção de uma capela e banheiros para o cemitério municipal na saída da MT-130;


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Calendário de pagamento do Seguro DPVAT já está disponível na internet


O calendário de pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro DPVAT) já está disponível para proprietários de veículos de todo o país no site da Seguradora Líder, no qual o boleto pode ser gerado.

São Paulo - Prefeito João Doria sanciona criação do Parque Municipal do Minhocão, que prevê desativação gradativa do Elevado João Goulart para carros e uso exclusivo para lazer (Rovena Rosa/Agência Brasil)
O seguro é obrigatório e deve ser pago por motoristas e motociclistas de todo o país – Arquivo/Agência Brasil

A Líder é responsável pela administração desse seguro obrigatório, que deve ser pago uma vez por ano para obtenção do licenciamento do veículo. Se não pagar, o proprietário perde o direito ao seguro em caso de acidente, se for o condutor do veículo no momento da ocorrência, mas os demais envolvidos permanecem cobertos.

O prêmio deve ser quitado junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), nos bancos Bradesco, Caixa, Santander, Itaú e Banco do Brasil.

O pagamento segue o calendário do IPVA de cada estado. No caso do Rio de Janeiro, por exemplo, o prazo para pagar o IPVA vence no próximo dia 21 para veículos de placa final 0, informou a assessoria de imprensa da Líder. A seguradora esclareceu que, no caso de veículos isentos do IPVA, o pagamento do DPVAT deve ser feito durante o emplacamento ou licenciamento anual. A forma de pagamento varia de estado para estado.

Deságio

De acordo com resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados, em dezembro do ano passado, foi aprovada redução média de 63,3% no valor do DPVAT para 2019. O valor da redução dpende do tipo de veículo. Automóveis particulares e táxis, por exemplo, terão o DPVAT reduzido em 71%. A tarifa será de R$ 16,21 para automóveis particulares.

Para motocicletas, responsáveis pela maioria dos acidentes de trânsito atendidos pelo Seguro DPVAT, o valor do prêmio chega a R$ 84,58.

Da mesma forma que ocorreu no ano passado, o Seguro DPVAT não poderá ser parcelado para nenhuma categoria de motoristas. Os valores são válidos para todo o país. Dúvidas podem ser esclarecidas na Central de Atendimento da Seguradora Líder no número 4020 1596 (regiões metropolitanas) ou 0800 022 12 04 (outras regiões). O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) pode ser acessado no número 0800 022 8189, 24 horas por dia.

Cobertura

O Seguro DPVAT cobre qualquer cidadão acidentado no Brasil, seja motorista, passageiro ou pedestre. São oferecidos três tipos de cobertura: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até três anos.

Do total de recursos arrecadados pelo Seguro DPVAT, 50% são destinados à União, dos quais 45% vão para o Sistema Único de Saúde (SUS), visando ao custeio da assistência médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito; e 5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para investimento em programas de educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os 50% restantes são reservados para despesas, reservas e pagamento de indenizações.

Fonte: Agência Brasil