Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa avalia o ano de 2018 como desafiador e para o próximo ano quer fazer ainda mais por Primavera do Leste


Da Redação

Em seu primeiro mandato eleito como legislador da Câmara Municipal, Luis Costa fala de 2018, e acredita que o trabalho de um representante político é lutar por políticas públicas existentes em prol do povo.

Na Câmara Municipal é um dos vereadores que mais atende a população em seu gabinete, recebendo assim, sugestões e reclamações da gestão pública. Também é um dos vereadores que mais tem atividades desenvolvidas dentro da comunidade, como consta nos relatórios de atividades protocolados mensais na Casa de Leis. Outro destaque é para o número de indicações, ofícios e requerimentos, em que, atento as necessidades da comunidade, utiliza todos os meios legais para ser mediador do povo com o poder executivo local, além de incansavelmente buscar ajuda com o governo do estado e com os deputados e senadores federais. É o primeiro vereador a publicar em redes sociais e também na mídia local, seu relatório de verba indenizatória, demostrando assim todo seu trabalho diário (é importante salientar que atualmente os vereadores não recebem a verba indenizatória). Outro projeto que ganhou destaque em sua legislatura é o Gabinete Itinerante, em que vai até os bairros da cidade, durante todo o um período do dia, atender a comunidade. Internamente o legislador faz parte das comissões de Justiça e Redação e também de Agricultura e Meio Ambiente, em que estuda e analisa os projetos de lei, assinalando o parecer, para que assim possa ser votados em plenário.

“Foi um ano de muito trabalho lutando pelo nosso povo. Sempre fiquei à disposição de ouvir nossa comunidade, até fora do horário de expediente, indo muitas vezes no período noturno, de encontro a demanda solicitada. A política é atender e levar ao cidadão melhorias, e se não chegar la na ponta, atendendo quem precisa, então não é política”. Afirma Luis Costa.

Como bandeira de luta, o legislador sempre foi muito incisivo ao dizer que a saúde e educação são os pilares para que o resto funcione, e desta forma, lutou muito por melhorias na infraestrutura de escolas municipais e estaduais, e continuamente tem solicitado profissionais e melhores condições de trabalho para a área da saúde. “Todas as secretarias de nosso município são importantes, mas a saúde e educação são o alicerce, pois precisamos de saúde para desfrutarmos do lazer, ou ainda lutar por uma melhor infraestrutura de um bairro. A educação traz conhecimento e transforma a vida das pessoas com novas esperanças e perspectivas, e a saúde nos torna aptos para caminharmos firmes em nossa luta”.

Além das atividades de legislador, Luis Costa teve um ano agitado em sua carreira política, pois foi candidato a Deputado Estadual. O vereador diz que enquanto representante do povo Primaverense, tem buscado a cada dia melhorar mais a cidade com saúde, educação, infraestrutura, economia, mas quando decidiu sair para Deputado Estadual, foi porque viu que sendo um representante dentro do estado, além de destinar mais recursos para Primavera, lutaria também pelo pelo Estado.

“Quando comecei a exercer minha função de vereador, vi que poderia ajudar mais a população Primaverense e também o nosso estado e por isso decidi ser candidato a Deputado Estadual. Neste percurso, mantive meu nome, mas me decepcionei demais com alguns colegas políticos e percebi, que enquanto representante do povo, jamais poderemos esquecer que a política é meio para melhorar as condições de vida dos cidadãos, e percebi que alguns políticos não honraram com a palavra que tiveram comigo, em busca de uma sociedade melhor e pelo fato de alguns colegas políticos pensarem individualmente e não coletivamente, me decepcionei. Mas o que não esperava é que o desejo do povo por mudança falou mais forte e nas urnas pude ver isso, pois não ganhei como deputado estadual, mas fui o mais votado em Primavera do Leste”. Explica Luis Costa.

Com uma equipe de cinco pessoas e sua família, o vereador fez história em sua campanha. Sem investimentos altos, desbancou figurões da política do estado e foi o candidato que na opinião de 3.973 eleitores Primaverenses, será a renovação da política pública. “Eu escolhi estar ao lado do povo, lutar pela saúde, pela educação, por mais trabalho digno, por melhorar a nossa economia, e tantas outras bandeiras, e reafirmo que em 2019, continuarei trabalhando forte e com novos projetos ,como o processo de industrialização de nossa cidade, que gerará novos empregos. Também buscarei parcerias com o Executivo Municipal, com o Governo do Estado, com a Câmara dos Deputados Federais e Senadores, em busca de investimentos e emendas parlamentares, para que, nossa cidade consiga neste próximo ano, desenvolver e que cada cidadão possa acompanhar economicamente este desenvolvimento”. Finaliza Luis Costa.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Michel Temer é preso por força-tarefa da Lava Jato; Moreira Franco é procurado


A Força-tarefa da Lava Jato prendeu Michel Temer, ex-presidente da República, na manhã desta quinta-feira (21). Os agentes também tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia. Os mandados foram

expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

De acordo com o G1, a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer desde quarta-feira (20), sem obter sucesso. Por este motivo, a operação prevista para as primeiras horas desta quinta-feira atrasou.

A prisão de Temer tem como base a delação de Lucio Funaro. No ano passado, Funaro entregou à Procuradoria-Geral da República informações complementares do seu acordo de colaboração premiada. Entre os documentos apresentados estão planilhas que, segundo o delator, revelam o caminho de parte dos R$ 10 milhões repassados pela Odebrecht ao MDB na campanha de 2014.

A delação de Lúcio Funaro, operador do PMDB, feita em setembro de 2017 e homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), serviu como base para a força-tarefa da Lava Jato. A colaboração de Funaro detalha como funcionava o esquema de corrupção no Congresso, chefiado por nomes fortes do PMDB – entre eles, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Moreira Franco, Eduardo Cunha e Tadeu Filippeli.

De acordo com o jornal O Globo, investigadores cruzaram informações e documentos fornecidos por Funaro com planilhas entregues à Justiça pelos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Claudio Barbosa, o Toni. Eles são apontados como responsáveis por mandar valores para o exterior para políticos e empresários, inclusive Altair Alves Pinto, apontado como operador de Eduardo Cunha. Altair era conhecido como “o homem da mala” e repassava dinheiro para Cunha e para o ex-presidente Michel Temer.

Em breve, mais informações.

Istoé 


HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro


As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, segundo cronograma divulgado na tarde de hoje (27) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Pelo calendário, as inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio.

Entre 1º e 10 de abril os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018. O edital do Enem, conforme o instituto, será publicado no próximo mês.

No ano passado, 5,5 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o Enem, mas 4,1 milhões compareceram aos dois dias de provas. Nos dois domingos de exame, os estudantes precisam desenvolver conhecimentos de linguagens, incluindo redação, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

Os resultados do Enem podem ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento do curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em 2019 o Sisu ofereceu 235,4 mil vagas, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Além de universidades brasileiras, os estudantes podem se inscrever em 37 instituições portuguesas que têm convênio com o Inep.

Enem

 

Fonte: Agência Brasil