Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa alerta a população sobre informações falsas


Da Redação

Já faz alguns meses que a Câmara Municipal de Primavera do Leste vem sofrendo difamação,  e essas falácias estão ligadas a postura corrupta de alguns políticos que já passaram pela Casa de Leis.  Os vereadores têm sido vítimas de pessoas ligadas a grupos políticos que são oposição aos legisladores da casa. O próprio vereador Luis Costa relatou o que tem passado nas últimas semanas em relação às inverdades ditas sobre sua postura.

“Dizem por ai que estou atrapalhando os serviços públicos que estão sendo feitos em alguns assentamentos. Disseram-me que o boato é que, se as máquinas entrarem o vereador vai filmar e enviar ao Ministério Público. Eu quero dizer que isso é mentira e que todas as vezes que acompanhei os trabalhos seja em assentamentos ou em outros setores foi como fiscalizador que sou. Se houver irregularidades nos serviços, eu vou denunciar sim, porque essa é minha função de acompanhar o executivo e fiscalizar, e isso não é perseguição é legislar. Hoje isso não está ocorrendo, então inventaram essas fofocas para a população de bem”. Esclarece o vereador.

Luis Costa enfatizou ainda que não irá parar de trabalhar por causa de adversários políticos ou por causa de politicagem e fofocas. Ainda trouxe uma notícia boa à população, de que a Câmara Municipal irá contratar uma empresa especializada para fazer uma auditoria nas contas da Casa dos últimos dez anos, sendo que todas as movimentações dos ex-presidentes e legisladores irão ser apresentadas novamente, mesmo sendo aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

“Essa auditoria irá passar está Casa de Leis a limpo e irá mostrar quem é quem. Nossa sociedade irá conhecer toda a movimentação de nossos ex-representantes. Porque tem muitas pessoas por ai que não tem moral nenhuma para falar desta Casa de Leis, pessoas que tiveram o comportamento duvidoso, que fizeram coisas erradas, então, está na hora da sociedade saber quem são essas pessoas. Como disse meu colega vereador Manuel Mazutti (MDB) em uma de suas falas, têm pessoas que parece que não tem processos em seus escritórios de advocacias, outras que parece que nem tem carros para concertar em suas oficinas e mais, têm outras que parece não ter corridas para fazer em seu moto taxi, porque ficam o dia todo no whasApp provocando inverdades sobre os legisladores que estão aqui”.  Desabafa o legislador.

Em relação ao pedido protocolado na Câmara Municipal para o afastamento do vereador Josafa Barbosa (PP), Luis Costa concordou com a fala da vereadora Edna Mahnic (PT), dizendo que essa medida é um golpe e faz parte de grupos políticos que estão tentando difamar a Casa de Leis, e novo pedido de afastamento foi feito totalmente fora dos padrões exigidos pelo Regimento Interno .

“Eu estou aqui para fazer justiça e acredito na justiça. Se existe um processo a ser julgado, vamos aguardar a decisão judicial. Quem fez esse pedido de afastamento do colega foi muito infeliz porque quem julga um processo que está na justiça não somos nós. Eu não tenho medo de pessoas que são mentirosas que não tem coragem de vim até esta Casa para conversar com cada um de nós, ou seja, marcar uma reunião, enfim que não tem uma postura correta diante da situação. Essas pessoas que estão xingando está Câmara Municipal, eu não sei qual o grupo político que pertence, então quem são essas pessoas que estão se matando para  ver quem fala mais para manchar a imagem desta Casa?”. Indaga o vereador.

Para encerrar, Luis Costa menciona o comentário da vereadora Carmem Betti Borges (PSC), em relação a ser um cidadão Primaverense, pai de família e esposo.

“Por trás deste vereador aqui, tem o pai do Davi, que volta para casa para cuidar dele e pegar no colo, quando ouço do meu filho: ‘pai ser vereador é chato’. Também sou marido da Rosi que já não tenho muito tempo para ela. Tenho meu pai que me liga todos os dias, ele é um senhor de 70 anos, preocupado. Antes eu tomava café todos os dias com ele, pedia sua benção e hoje nem tempo para visitar ele eu tenho. O que me faz ser vereador e ganhar um salário de R$ 5.800, não é o mau que está em nossa sociedade sendo propagado por alguns, que poderiam estar aqui dentro, mas não estão, que poderia ocupar o meu lugar ou de qualquer colega aqui, o que me faz continuar é acreditar que podemos fazer uma política limpa, de saber que muitas pessoas lutaram e continuam lutando por uma sociedade justa, em que os direitos funcionem. Deus sabe o valor que eu tenho e Deus sabe que acredito na justiça, eu não estou aqui por acaso, todos estamos em uma missão maior e vamos lutar para defender essa instituição e o mau não vai prevalecer”. Encerra o vereador Luis Costa.

 

 

 

 

 

 

 

 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Motorista de ônibus escolar é preso por estupro de menor em Campos de Júlio


O motorista de ônibus escolar do município de Campos de Júlio (a 526 km da Capital), Delson Verdecio de Gusmão, 39 anos, foi preso em cumprimento de mandado de prisão preventiva, por estupro mediante violência contra uma estudante de 15 anos. O mandado foi cumprido no final da tarde de quarta (14).

A prisão foi solicitada pela Polícia Civil, após comunicação feita na  Delegacia no dia 2 de outubro deste ano, referentes a atos que iniciaram em setembro, mas que por medo não foram denunciados antes pela vítima.

A adolescente  compareceu na Delegacia acompanhada de uma conselheira tutelar. A vítima contou que os abusos iniciaram em setembro, quando ela retornava para casa após as aulas. A garota  relatou que no dia 26 de setembro, o suspeito iniciou investigadas contra ela, a puxando pelos braços na tentativa de beijá-la. Nessa ocasião, diante da negativa da menina, o suspeito tocou em suas partes íntimas.

Na madrugada de  28 de setembro, aproveitando que estava sozinha com a vítima no ônibus escolar, o suspeito parou o veículo no meio do trajeto de sua casa até a escola e a puxou novamente pelos braços, empurrou para um banco e manteve relação sexual com ela. No retorno da escola o suspeito investiu novamente, mas acabou desistindo diante de pessoas que estavam trabalhando perto do local onde o ônibus estava parado.

O delegado Gilson Silveira classificou o crime de alta gravidade devido ao contato do motorista com crianças e adolescentes. “Uma situação extremamente grave por envolver transporte de alunos  da escola municipal. Ele praticou um estupro contra uma aluna mediante violência e várias vezes atos libidinosos”, disse o delegado.

RD News


HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa cobra em tribuna a contratação de mais médicos oftalmologista


Da Assessoria

O problema já é conhecido por grande parte da comunidade, mas há anos não tem tido uma solução pontual. A fila de espera para consultas e exames com médicos oftalmologistas só aumentam. Já tivemos três médicos, depois dois e chegamos a apenas um, atendendo normalmente, mas essa quantidade de profissionais não tem suprido a necessidade de nossa população.

Por duas vezes o vereador Luis Costa (PR), falou em tribuna sobre a falta de médicos oftalmos e o quanto essa especialidade é procurada pela população. “Recebo em meu gabinete pessoas de todas as idades, que tem problemas de vista e precisam de consultas e de exames, e são muitos pedidos e tem gente aguardando um atendimento há mais de anos. Professores que também encaminham crianças para o especialista já que o aprendizado sem a visão fica comprometido, e mesmo com a necessidade, não estão sendo atendidas como devem. A demora só agrava o problema”.

Luis Costa disse ainda em tribuna na última sessão (12) que lamenta a situação e que já protocolou em agosto um ofício solicitando ao secretário de saúde que pudesse verificar a situação de perto e tentar resolver, mas ainda o problema continua.

“Nós vereadores estamos votando o orçamento do executivo, e peço um olhar especial para essa especialidade, e se for necessário vamos cortar alguns gastos como do gabinete do prefeito, do salgadinho e outros e vamos contratar ou fazer seletivo ou concurso, seja qual a solução, mas precisamos ter mais médicos oftalmos”. Ressalta Luis Costa.

O legislador ainda falou da falta de gestão do governador do estado, Pedro Taques (PSDB) em que não tem realizado o repasse a saúde do município de forma correta e como deveria ser. Luis Costa ressalta que parte do que vem ocorrendo com a saúde, é culpa sim do governo do estado que não tem cumprido com o seu dever, mas também menciona que diante dessa perspectiva ruim, o município tem que encontrar soluções e ajudar a população.

“Prefeito, já que nosso governo não está ajudando vamos ajudarmos essas pessoas que estão na fila do SUS, vamos olhar para o nosso povo, e encontrar uma solução. Eu aqui estou decepcionado com este governo do estado e quero parabenizar aos vereadores de nossa casa e tantos outros de municípios vizinhos que estiveram em Rondonópolis na semana passada lutando pelo Hospital Regional, e também estão indo a Cuiabá, cobrar os repasses que são por direito dos municípios, e ao senhor governador quero dizer, que aos deixar as pessoas sem atendimento nas filas de espera, os problemas agravam e o resultado é triste: pessoas morrendo, por falta de capacidade de gestão, política e humanidade do senhor”.

Luis Costa sugere um consórcio de saúde para que o município possa resolver este e outros problemas de consultas e exames.

Nota da Secretaria de Saúde

De acordo com o secretário de saúde, Advanilson Sampaio, o município tem contratado um médico oftalmologista, e esta aberta para a contratação de mais oftalmos um credenciamento, na qual, está disponível para os profissionais fazerem o cadastro e começarem atender, sendo assim não houve corte na área de oftalmologia.

Ainda o secretário explicou que o município fez uma parceria com o Rotary Clube para realizar mutirões de atendimentos médicos e exames. O primeiro mutirão já foi realizado e atendeu 600 pessoas e até o final deste mês terá outro mutirão de oftalmologia. Sendo assim os pacientes que estão na fila de espera, procurem o seu posto de saúde e se informem para participar do mutirão.