Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Vem ai mais uma Copa de Tênis 2017, Torneio “Raquete de Ouro”


Da Assessoria

Apaixonados pelo tênis já se preparam porque nos dias 27, 28 e 29 de Outubro será realizado A Copa Raquete de Ouro de Tênis, em Primavera do Leste. Os atletas poderão disputar nas categorias, 1º, 2º, 3º e 4º e ainda para quem têm mais de 35 anos.

Fique ligadinho porque as inscrições vão até o dia 23/10 próxima segunda. Quem desejar participar pode obter informações pelo telefone (66) 9 8114-9780. O valor da inscrição é de R$ 90 reais, uma categoria e R$ 140 reais, duas categorias ou mais. O mais legal deste torneio é que se você está sem grana e deseja participar, pode se inscrever com uma raquete usada. Super fácil! A raquete usada na sua inscrição será destinada ao projeto social Sacando para Vencer.

A competição vale pontuação para o ranking estadual, juvenil G3 e tênis kids. Esse evento é mais uma realização da Federação Mato-grossense de Tênis em parceria com a Academia Ace Tênis. Não fique fora, participe, pratique esportes!

UMA RAQUETE DE TÊNIS!

Para um tenista, uma raquete de tênis, é a sua melhor amiga. A raquete é a extensão do seu corpo. Um tenista deposita todas suas emoções nela, por isso ele a beija em momentos de vitórias, mas quando vem a angústia a derrota, o atleta chega a quebrar sua raquete. É um caso de amor e ódio, bem dizer, um relacionamento, que leva anos de conquista.

Existem jogadores de futebol que nem na hora de dormir largam sua bola de futebol, e porque do futebol? É a nossa paixão! Mas a paixão de um tenista por sua raquete não é menor do que a de um jogador de futebol pela sua bola.

Aprendemos desde criança, que não devemos nos apegar a bens matérias, mas com o esporte é diferente, amamos, e com o passar do tempo, um tenista iniciante, deixa suas falhas para trás e se torna um tenista de  alto rendimento, e com isso adquiri novas raquetes e as usadas, muitas vezes deixamos jogadas em um canto da casa.

Você já parou pra pensar que essa raquete esquecida em casa, pode ser um sonho de uma criança que joga tênis em quadras improvisadas, onde é realizado um projeto social para desenvolver o esporte?

Você já parou pra pensar que aquela raquete velha que está em algum lugar onde nem você mesmo sabe, pode transformar a vida de uma criança?

O brilho no olhar de uma criança quando pega na raquete, mesmo que seja usada, ou esteja desgastada pelo tempo, é indescritível.

Faça a diferença! Seja solidário e doe sua raquete usada. É pensando no próximo que mudamos nosso meio social. Seja a mudança.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Neri Geller, deputado federal eleito, deixa a prisão depois de HC concedido pelo STJ


Neri Geller (PP) solto na segunda-feira (12) — Foto: TVCA/Reprodução

Neri Geller (PP) solto na segunda-feira (12) — Foto: TVCA/Reprodução

O deputado eleito, Neri Geller (PP) foi solto no início da noite desta segunda-feira (12), após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) acatar o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do e ex-ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento no domingo (11). Geller estava preso desde a última sexta-feira (9), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Ao ser solto, o ex-ministro concedeu entrevista à equipe de reportagem da TV Centro América. Ele negou as acusões e disse que não é indiciado, apenas teve o nome citado em uma delação.

“Não fui chamado para depor em nenhum momento das investigações e vou me inteirar das acusações e depois vou manifestar junto à imprensa”, disse.

O deputado eleito disse ainda que algumas pessoas que estão sendo acusadas de corrupção foram desafetos políticos dele durante o tempo em que foi ministro.

As investigações foram baseadas na delação do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador do MDB. Foram presos na ação Antônio Andrade (também ex-ministro da Agricultura), Rodrigo Figueiredo (ex-secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, que já conseguiu liberdade), o empresário Joesley Batista e mais 13.

Ex-ministro diz que nunca foi chamado para depor — Foto: TVCA/Reprodução

Ex-ministro diz que nunca foi chamado para depor — Foto: TVCA/Reprodução

A prisão

O ex-ministro foi preso durante a Operação Capitu, por suposto envolvimento em um esquema de corrupção no Ministério da Agricultura entre 2013 e 2014 e é um desdobramento da Lava Jato.

Neri Geller estava hospedado em um hotel de Rondonópolis porque participaria de um evento agropecuário. Por volta de 6h, três agentes da Polícia Federal (PF) chegaram ao local em carro descaracterizado e o levaram em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

Após a prisão, Geller foi levado para a delegacia da PF e, posteriormente, encaminhado para a Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, a Mata Grande, por não ter nível superior.

Fonte: G1 Mato Grosso