Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra - Opinião

Valores Invertidos do verdadeiro papel da escola!


O verdadeiro papel da escola é o de socializar o conhecimento, ensinar o português, a matemática, as quatro operações, a interpretar textos lidos, etc. Os pais devem atuar na formação moral dos seus filhos, é essa soma de esforço que promove o pleno desenvolvimento do individuo como cidadão. A escola deve ser um lugar onde a criança deva encontrar os meios de se preparar para realizar seus projetos de vida que já trazem ensinados pelos seus pais, a qualidade de ensino é, portanto, condição necessária tanto na sua formação intelectual quanto moral, sem formação de qualidade tanto na escola como em casa, a criança poderá ver seus projetos frustrados no futuro.

Na escola não basta saber ler que “Eva viu a uva”, “A Bia leva o bule”. É preciso compreender qual é o contexto social dessas frases, qual o seu significado, como o leitor (aluno) vai interagir com essas informações, com as letras, com as sílabas, com as frases e depois com o texto. Aprender a produzir uma ideia e saber interpretar essa ideia. Confesso que lecionar hoje não está sendo fácil, os tempos são outros. Os diretores se acham dono da escola, as maiorias dos pais não participam da vida escolar dos seus filhos, muitas vezes por não terem tempo, pois dizem trabalhar para o sustento da família, outras vezes é omissão e na maioria das vezes os pais são despreparados. Como ensinar aquilo que não sabe, né?

É muito importante a presença dos pais no acompanhamento escolar dos seus filhos de qualquer forma, sendo ajudando na tarefa de casa, ou pedindo pra alguém ajudar, participar das atividades escolares quando são convidados. O estudo é o tesouro mais precioso que um pai pode dar aos seus filhos.

Muitos estudiosos idealistas que não estão diretamente com as crianças em sala de aula e que muitas vezes nunca estiveram, sabem o “pega pra capar”, que os cuidadores e professores enfrentam no seu dia a dia. Eles falam bonito, fazem palestras brilhantes, sabem tudo de ensinar, “criam” projetos para serem aplicados nas escolas, sentados nas suas salas refrigeradas, poltronas de couro, cafezinho. ZERO de infraestrutura, Zero de comprometimento e consequentemente zero de aprendizado e resultado efetivo.

E tem mais, a grande maioria desses intelectuais, não colocam e nem colocariam seus filhos em escola pública, por que não acreditam no próprio trabalho ou talvez porque sabem que o que se oferece nesses estabelecimentos de fato não atende a uma completa preparação para um pensamento culto e intelectual do pensar, ser e agir.

É lamentável que uma profissão tão nobre, se tornou uma missão tão árdua, tão desgastante, professores adoentados psicologicamente, sem falar no salário, que quando aumenta além da porcentagem ser de miséria, ainda precisa ser parcelado. É ou não é uma piada. O maior desafio dos professores não é ensinar o básico curricular necessário e obrigatório. O grande desafio é mediar conflitos que surgem no decorrer da aula, pois se perdem horas a fio mediando problemas que surgem no decorrer da aula em consequência do mau comportamento de uma parcela considerável dos alunos.

Pai, mãe ou responsáveis (avó, avô, etc), ENTENDAM POR FAVOR, a EDUCAÇÃO DO SEU FILHO É COM VOCÊS. Ensine a eles VALORES como responsabilidade, autonomia, altruísmo, gratidão e amor por si e pelos outros para que eles adquiram noções fundamentais de respeito, de paciência, de afetividade, de companheiros.

É em CASA que se ensina bons modos, respeito mútuo e valores. Com a ajuda de vocês a Educação Pública terá tudo pra ser da melhor qualidade.

A Escola NÃO EDUCA, ela ensina o seu filho a ler, a escrever, a interpretar e as realizar as quatro operações e APENAS REFORÇA Os valores que a sua criança já DEVE trazer de casa ensinados POR VOCÊS PAIS.

O grande desafio é transformar o ensino publico em algo que vala a pena estar lá, tanto para os profissionais, quanto para a comunidade escolar, sem a ajuda efetiva dos pais, nesse importante processo da vida de seus filhos, nada irá acontecer. Juntos conseguiremos uma escola pública de qualidade. Cada um fazendo a sua parte em prol das nossas crianças.

Ivoneth Nunes é Professora Pedagoga , Pós graduada em Docência para o Nível Superior pela UFMT , Funcionaria Pública. 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Calendário de pagamento do Seguro DPVAT já está disponível na internet


O calendário de pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro DPVAT) já está disponível para proprietários de veículos de todo o país no site da Seguradora Líder, no qual o boleto pode ser gerado.

São Paulo - Prefeito João Doria sanciona criação do Parque Municipal do Minhocão, que prevê desativação gradativa do Elevado João Goulart para carros e uso exclusivo para lazer (Rovena Rosa/Agência Brasil)
O seguro é obrigatório e deve ser pago por motoristas e motociclistas de todo o país – Arquivo/Agência Brasil

A Líder é responsável pela administração desse seguro obrigatório, que deve ser pago uma vez por ano para obtenção do licenciamento do veículo. Se não pagar, o proprietário perde o direito ao seguro em caso de acidente, se for o condutor do veículo no momento da ocorrência, mas os demais envolvidos permanecem cobertos.

O prêmio deve ser quitado junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), nos bancos Bradesco, Caixa, Santander, Itaú e Banco do Brasil.

O pagamento segue o calendário do IPVA de cada estado. No caso do Rio de Janeiro, por exemplo, o prazo para pagar o IPVA vence no próximo dia 21 para veículos de placa final 0, informou a assessoria de imprensa da Líder. A seguradora esclareceu que, no caso de veículos isentos do IPVA, o pagamento do DPVAT deve ser feito durante o emplacamento ou licenciamento anual. A forma de pagamento varia de estado para estado.

Deságio

De acordo com resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados, em dezembro do ano passado, foi aprovada redução média de 63,3% no valor do DPVAT para 2019. O valor da redução dpende do tipo de veículo. Automóveis particulares e táxis, por exemplo, terão o DPVAT reduzido em 71%. A tarifa será de R$ 16,21 para automóveis particulares.

Para motocicletas, responsáveis pela maioria dos acidentes de trânsito atendidos pelo Seguro DPVAT, o valor do prêmio chega a R$ 84,58.

Da mesma forma que ocorreu no ano passado, o Seguro DPVAT não poderá ser parcelado para nenhuma categoria de motoristas. Os valores são válidos para todo o país. Dúvidas podem ser esclarecidas na Central de Atendimento da Seguradora Líder no número 4020 1596 (regiões metropolitanas) ou 0800 022 12 04 (outras regiões). O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) pode ser acessado no número 0800 022 8189, 24 horas por dia.

Cobertura

O Seguro DPVAT cobre qualquer cidadão acidentado no Brasil, seja motorista, passageiro ou pedestre. São oferecidos três tipos de cobertura: morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares da rede privada de saúde (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até três anos.

Do total de recursos arrecadados pelo Seguro DPVAT, 50% são destinados à União, dos quais 45% vão para o Sistema Único de Saúde (SUS), visando ao custeio da assistência médico-hospitalar às vítimas de acidentes de trânsito; e 5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para investimento em programas de educação e prevenção de acidentes de trânsito. Os 50% restantes são reservados para despesas, reservas e pagamento de indenizações.

Fonte: Agência Brasil