Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

TRAGÉDIA: Homem entra com filho em rio e se afoga; criança está desaparecida


Um homem de 27 anos morreu afogado no Rio Cuiabá, na Avenida Beira Rio, na tarde deste domingo (28).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Magno Ferreira de Moraes entrou no rio segurando o filho de quatro anos e, depois de alguns minutos, ambos acabaram se afogando.

Uma equipe de mergulhadores foi acionada e encontrou o corpo de Magno depois de 15 minutos de buscas. O menino está desaparecido.

Os bombeiros continuam no local em busca da criança.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, um barco da polícia ambiental dá apoio a ação.

Equipes da Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também estão no local auxiliando no caso.

O afogamento deve ser investigado pela Polícia Civil.

Midia News


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso