Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Trabalho social no Vale Verde leva aluno de Primavera aos EUA


Leandro José Gonçalves foi selecionado pelo Programa Jovens Embaixadores pela Missão Diplomática nos EUA

Um aluno de 17 anos do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) vai passar três semanas nos Estados Unidos para conhecer os projetos sociais do país. Leandro José Gonçalves, que mora e estuda em Primavera do Leste, foi selecionado pelo Programa Jovens Embaixadores pela Missão Diplomática nos EUA.

Ele foi o único escolhido do estado depois de desenvolver um projeto social no Bairro Vale Verde para que a população que sofre com um impasse na Justiça sobre qual cidade deve administrar o bairro possa receber mais atenção do poder público.

O estudante deve embarcar para os EUA na sexta-feira (11).

O Vale Verde abriga cerca de 7 mil pessoas. Em 2017, uma lei aprovada no estado, fez uma nova divisão em 36 cidades de Mato Grosso, entre elas, Primavera do Leste. À época, cerca de 8 mil hectares, que eram dos municípios de Novo São Joaquim e Poxoréu, passaram a ser de Primavera do Leste. No entanto, a lei já foi revogada duas vezes e agora o Bairro pertence a Poxoréu.

Segundo Leandro, o projeto surgiu após uma aula de sociologia a qual o professor dele propôs uma atividade sobre desigualdade social. Ele e outros colegas realizaram uma análise sobre os reflexos que a comunidade sofreu durante esse período de impasse.

O presidente do bairro, Ruberlei Ferreira Dias, afirma que o local precisa ser mais valorizado e necessita de reformas. “Falta colégio, asfalto, água encanada. Isso é o mínimo que deveria ter. A gente nem está pedindo muita coisa, só queremos ser vistos”, pontuou.

Leandro conta que sempre gostou de estudar e que está muito feliz com a oportunidade de ajudar a comunidade. “Sempre fui apegado a livros e cadernos. Quando ganhei meu primeiro computador, gostava muito de usar a internet para pesquisar, para descobrir novas coisas, sempre fui muito curioso”, contou.

Por meio do projeto, Leandro se inscreveu em um Programa Jovens Embaixadores da Missão Diplomática dos Estados Unidos e foi um dos 50 jovens brasileiros selecionados e o único de Mato Grosso.

Durante a viagem, o estudante deve ir à Washington participar de workshops e projetos voluntários. “Também vamos visitar órgãos governamentais para que possamos construir uma nova visão e trazer alguma bagagem para ser aplicada na nossa comunidade. O estudo proporciona muitas oportunidades”, afirmou.

Leandro pretende ajudar as pessoas que moram comunidade por meio de projetos sociais. Ele afirmou que vai aproveitar a oportunidade para tentar levar o inglês para a região de Poxoréu. “Quero que tenham a mesma oportunidade que estou tendo. Para isso, vou levar o inglês ou outro programa que possa beneficiá-las”, ressaltou.

Fonte – G1-MT


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.