Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra

Sobe número de pessoas internadas com suspeita de Covid-19


O boletim diário da Secretária de Estado de Saúde (SES) deste domingo (5) mostra que há 361 casos notificados de pessoas com síndrome respiratória aguda grave em Mato Grosso, um dos principais efeitos da Covid-19, causada pelo novo coronavírus. O número de pessoas confirmadas com a doença permanecem em 60 no estado. Porém, 10 pessoas já foram recuperadas, até este sábado (4) eram 9 pessoas.

 

Até o momento, Mato Grosso tem uma morte registrada. Um homem de 54 anos que não resistiu, ele tinha hipertensão e era diabético, morador de Lucas do Rio Verde.

 

Os casos de Covid-19 no estado são 38 em Cuiabá; 6 em Rondonópolis; 4 em Várzea Grande; 4 em Tangará da Serra. Nova Mutum; Nova Monte Verde; Lucas do Rio Verde; Campo Novo do Parecis e Alta Floresta tiveram um caso cada.

A secretaria informou que investigou a fundo e que o caso descorberto em Chapada dos Guimarães, na verdade, era de um morador de Cuiabá.

 

Mato Grosso tem 10 pessoas internadas em UTI, 3 em enfermaria e 47 em isolamento em suas residências.

 

A média de idade dos casos confirmados no estado é de 44 anos, sendo que uma pessoa tem menos de 5 anos, uma menos de 19 e 9 menos de 35 anos.

 

As cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Monte Verde e Rondonópolis já registram transmissão comunitária da Covid-19, ou seja, já não dá mais pra saber a origem da doença.

GD


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Risco de pegar covid-19 em Primavera é 45% maior que em Cuiabá


Apesar do maior número de casos, o risco de pegar covid-19 em Primavera do Leste (231 km ao Sul da Capital) e 45% maior que em Cuiabá. O GD analisou os dados do boletim de 1º de junho, comparando os casos confirmados nos 15 maiores municípios de Mato Grosso.

Fazem parte dessa análise Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Cáceres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Barra do Garças, Primavera do Leste, Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Campo Verde e Juína.

Enquanto na Capital ocorre um caso a cada 770,4 habitantes, em Primavera do Leste acontece um caso a cada 530 moradores. Para se ter uma ideia, Primavera do Leste é o 10º maior município do estado, com uma população de 62.019 moradores, seguindo estimativa do IBGE para 2019.

Em terceiro lugar no ranking de maior taxa de incidência do novo coronavírus está Barra do Garças (509 km a leste), com um diagnóstico positivo para cada 774,7 habitantes. A cidade é a nona mais populosa do estado, com 56.560 moradores.

Logo em seguida vem Lucas do Rio Verde (354 km ao norte), com um caso a cada 862,2 habitantes. O município é o oitavo com maior população em Mato Grosso, que segundo o IBGE é de 65.534 moradores.

Sem contar as mortes ocorridas por covid-19, apenas na comparação da chance de se pegar a doença, o risco de transmissão do novo coronavírus é muito maior em Primavera do Leste, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra (1 a cada 918,1 habitantes) do que em Várzea Grande, que está na região metropolitana e tem um caso a cada 1.108 moradores.

Em Mato Grosso, a taxa de incidência da covid-19 era de um caso a cada 1.321 habitantes. No primeiro de dia de junho havia 2.636 diagnósticos positivos, para uma população de 3,4 milhões de habitantes.

Fonte: Gazeta Digital