Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Secretaria Estadual notifica Primavera com risco muito alto, orientam que seja feito “lockdown”


A secretaria estadual de Saúde vai notificar todos os municípios com “risco muito alto de contágio” para que adotem as medidas previstas no decreto que divide o Estado em níveis de risco. Ele prevê, entre outras coisas quarentena de 15 dias para locais onde a disseminação está descontrolada. Na lista de cidades que serão acionadas para que “fechem quase tudo” estão Alta Floresta, Cáceres, Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento, Nova Mutum, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande.

Já na classificação de “risco alto”, um nível abaixo das cidades que a Saúde quer fechar, estão classificados os municípios de Campo Verde, Confresa, Lucas do Rio Verde e Querência. Os dados são do boletim sobre o número de casos do Estado, divulgado ontem (18).

O anúncio foi feito pelo secretário estadual de Saúde Gilberto Figueiredo, em live ao vivo nesta sexta (19). Ele ressalta que a decisão final cabe aos prefeitos, mas lembra que a responsabilidade sobre os reflexos também será dos gestores. Ele não destaca, entretanto, que a Procuradoria Geral do Estado estuda uma ação jurídica para garantir o cumprimento do decreto. Ontem o MPE já acionou a Justiça para fazer lockdown imediato em Cuiabá e Várzea Grande – a decisão deve sair hoje.

O alerta vermelho foi acionado ontem, quando o boletim apontou que 80% das UTIs estão lotadas, o que indica risco de colapso. Já são 295 óbitos no Estado e mais de 8 mil casos.

Matriz de riscos

No sábado (13), o governo publicou decreto com sistema de classificação de risco que irá ajudar a prevenir e combater o coronavírus em Mato Grosso. Entre as determinações, em locais considerados de alto risco para disseminação da Covid-19 – como Cuiabá e Várzea Grande – está a quarentena obrigatória por 15 dias, o chamado lockdown – com manutenção apenas de serviços essenciais, bem como a instalação de barreiras sanitárias nos municípios.

A classificação de risco é determinada em quatro níveis, com uma cor para cada uma: baixo (verde), moderado (amarelo), alto (laranja) e muito alto (vermelha).

Informações: RD News /Patrícia Sanches e Keka Werneck


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Vereador Luis Costa solicita e indica a aquisição de objetos para auxiliar o Corpo de Bombeiros no combate ao fogo


Da Redação

Na semana passada o vereador Luis Costa (PDT), esteve na região dos assentamentos Nova Poxoreú, acompanhando o Corpo de Bombeiros em relação as queimadas nos campos e terrenos próximos. A situação das queimadas tem prejudicado muito a população de Primavera do Leste, e todo o estado de Mato Grosso, porém o número de homens para combater incêndio é pequeno e também a quantidade de materiais para utilizar nas ações de combate são poucos.

Diante da situação Luis Costa, fez um ofício a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em nome do senhor presidente Naudi Rohr, que também atua a frente do conselho de segurança pública da cidade, para que realize uma parceria com o Corpo de Bombeiros, outras instituições e Prefeitura Municipal, para a aquisição de sopradores, bombas, mochilas, costais e pinga fogo. Esses objetos ajudarão aos bombeiros e brigadistas, a combater os incêndios com agilidade, pois são materiais indispensáveis.

“Fui pessoalmente na CDL e expliquei a situação para o senhor Naudi, que demostrou de forma positiva a necessidade de realizar a parceria e adquirir esses objetos. Eu estive por várias vezes junto com os bombeiros e vi o quanto o trabalho é difícil, mas com recursos destes objetos ajudará a desenvolver mais rápido o combate. Também na semana passada, indiquei ao executivo em forma de parceria que seja instituída em nossa cidade a Brigada de Incêndio, que poderá realizar um trabalho preventivo para os próximos anos em relação ao período de queimadas”. Aponta o vereador Luis Costa.

Além de oficializar a CDL, Luis Costa fez a indicação ao executivo, para as secretarias de meio ambiente e administração, para que desta forma possam realizar a parceria com o Corpo de Bombeiros e ajudar no que for necessário para combater esse período crítico que é das queimadas em nossa cidade.