Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Quatro pacientes morrem à espera de vaga em UTI no PS de Cuiabá


Quatro pessoas morreram neste mês no Pronto-Socorro de Cuiabá enquanto esperavam vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade de saúde.

A filha de um dos pacientes que morreram explicou que o pai recebeu o diagnóstico de um tumor no cérebro, após sofrer uma queda quando seguia para Guarantã do Norte, a 721 km de Cuiabá, para visitar a família.

Vanessa Carvalho contou que os primeiros atendimentos após a queda foram realizados no município, no entanto, devido ao tumor, a família buscou uma vaga na UTI, que foi liberada para o atendimento após a terceira liminar dada pela Justiça.

“Ele só foi conseguir um quarto na UTI depois da terceira liminar dada pela Justiça”, afirmou.

Segundo a defensora pública Synara Gusmão, depois da determinação judicial, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) é informada. No entanto, a informação foi de que não havia vagas.

“Nós entramos em contato com a secretaria, mas eles nos repassaram a informação que não existe vagas naquele momento”, disse.

A Secretaria Estadual de Saúde alegou que, quando não tem vaga disponível no local, os pacientes são encaminhados para hospitais públicos ou privados para atendimento.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Senador Wellington Fagundes recebe vereador Luis Costa em Brasília


Da Redação

Na tarde de ontem (17), o senador Wellington Fagundes (PR) recebeu o vereador Luis Costa (PR) de Primavera do Leste, em Brasília para falar de projetos políticos para o município. Wellington sempre esteve presente em Primavera do Leste com inúmeras emendas destinadas para a saúde, educação e infraestrutura da cidade. Recentemente o senador foi candidato ao governo de Mato Grosso e obteve 280.055 mil votos, sendo o segundo candidato mais votado no estado.

Luis Costa é vereador pelo Partido da República e tem sido uma base política para o senador Wellington. Luis disputou as eleições como candidato a Deputado Estadual, e em Primavera do Leste, foi o candidato a Deputado Estadual mais bem votado. O legislador avalia a parceria e amizade com o senador, muito produtiva e afirma que o município precisa ter mais representantes municipalistas, que destinam emendas para a execução de projetos políticos, garantindo assim os direitos básicos de cada cidadão.

Wellington Fagundes ingressou na política de classe como presidente da Associação Comercial Industrial de Rondonópolis por dois mandatos, 1983 a 1986. Em 1987, assumiu a Secretaria Municipal de Planejamento de Rondonópolis, na gestão de Hermínio J. Barreto. Em 1990, concorreu a uma cadeira na Câmara dos Deputados e foi eleito. Foi reeleito em 1994, 1998, 2002, 2006 e 2010, sendo nessa última o parlamentar mais votado do Mato Grosso, com 145 460 mil votos.

Em seus 24 anos como deputado federal (seis mandatos consecutivos), Wellington Fagundes foi vice-líder do bloco PSDB/PTB em 2001. Em 2004 foi também vice-líder, agora do bloco PL/PSL. Em 2012 foi vice-líder do bloco PR/PTdoB/PRP/PHS/PTC/PSL/PRTB. Desde 2009 ocupa a presidência regional do Partido da República em Mato Grosso. É titular da comissão de Viação e Transportes; da comissão destinada a trabalhar pelo projeto que obriga o Poder Executivo a elaborar e cumprir plano de metas; da comissão que acompanha os desdobramentos da grave situação vivenciada na reserva Suiá-Missú; e também é titular na representação brasileira no Parlamento do Mercosul.

No último pleito, em 2014, Wellington Fagundes foi eleito Senador da República, com 646.344 votos.Como senador, Wellington Fagundes foi vice-líder do Governo e líder do Partido da República. Foi também presidente da Comissão Senado do Futuro – CSF – e é atual coordenador da Frente Parlamentar de Logística de Transportes e Armazenagem (Frenlog). Em 2016 foi o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que orientou a elaboração do Orçamento da União, com atuação destacada na busca pela elaboração de um Orçamento realista e voltado a otimização dos recursos públicos.