Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Prefeitura inicia 2019 com alterações no secretariado


Agora Anderson Gonçalves será o novo ordenador de despesas, dando espaço na chefia de gabinete ao ex-secretário de saúde Advanilson Sampaio. A Saúde terá como secretária Laura Kelly de Barros.

Eduardo Wolff deixa a pasta de Infraestrutura, que deve ser assumida por Henrique Gatto. A outra alteração é na Secretaria de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Agricultura e Meio Ambiente, que após o desmembramento manterá o Secretário Carlos Donim na Pasta de Meio Ambiente e Agricultura. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico será assumida por Leopoldo de Mendonça.

O pronunciamento sobre as mudanças nas secretarias foi feito pelo prefeito Léo Bortolin em coletiva de imprensa, realizada no gabinete, nesta quinta-feira (24). O prefeito destacou que todas as alterações foram identificadas como necessárias para que os trabalhos da Prefeitura e atendimento à população ocorram como a administração planeja.

O prefeito Léo agradece o tempo de dedicação e esforço de Eduardo Wolff, que foram essenciais para o cuidado da cidade e para a idealização dos projetos que a gestão planejava para o primeiro ano de mandato. Ele não continuará junto à equipe para se dedicar à projetos pessoais.

GABINETE

Anderson Gonçalves tomou posse da chefia de gabinete no início do ano de 2018. A partir de junho de 2018 passou a desempenhar o trabalho de ordenador de despesas, porém junto com as atividades atribuídas ao chefe de gabinete. Para o bom desenvolvimento dos trabalhos, a gestão optou em mantê-lo no ordenamento de despesas, devido a capacidade técnica mais apropriada para tal função e experiência que adquiriu nos anos em que atuou na Secretaria de Fazenda. Somado a isso, Anderson tem a confiança do prefeito desde a época em que trabalhavam juntos na Câmara Municipal.

No lugar de Anderson entra para ser o braço direito do prefeito nas atividades do dia a dia, o ex-secretário de saúde Advanilson Sampaio, que é formado em Enfermagem, especialista em Gestão de Saúde, foi fundador da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Primavera do Leste e Secretário de Saúde por duas vezes. A gestão acredita que sua capacidade de gerenciamento e conhecimento sobre a máquina pública contribuirá para o desenvolvimento dos trabalhos diários do gabinete.

SAÚDE

Em substituição a Advanilson Sampaio é nomeada Laura Kelly. Também enfermeira, Laura trabalha efetivamente na área da saúde pública há 16 anos. Em Primavera do Leste ela coordenou equipes de diversas unidades da saúde municipal, como por exemplo: coordenadora de Recursos Humanos da Secretaria de Saúde; coordenadora do antigo Pronto Atendimento Municipal (PAM); coordenadora da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); coordenadora da equipe do SAMU de Primavera do Leste e secretária de saúde interina.

Além de técnica, após tantas experiências ela afirma conhecer a necessidade da população e da Secretaria de Saúde. “Continuarei com os trabalhos realizados por Advanilson Sampaio, e pretendo realizar algumas adequações que acredito serem necessárias para aprimorar o atendimento à população”, relata a secretária.

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA

O técnico em edificações, pontes e estradas, Henrique Gatto, é morador de Primavera do Leste desde 1985. Ele sempre atuou na área da construção civil, experiência que carrega há 30 anos. O destaque no trabalho desenvolvido por ele proporcionou eleição à Câmara de Vereadores por dois mandatos, entre 1997 e 2004.

Henrique vem contribuindo para a gestão Léo Bortolin e Sérgio Fava desde o início do mandato, como superintendente de ações e obra públicas. Sua capacidade técnica e de coordenação de equipe foram alguns dos fatores principais para a nomeação de Henrique Gatto para estar à frente dos serviços de infraestrutura da cidade e estradas do interior do município, e conta com o respaldo do prefeito para tomar as decisões pertinentes à secretaria.

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

O primeiro secretário de Desenvolvimento Econômico de Primavera do Leste é Leopoldo de Mendonça. Ele é economista por formação e tem vasta experiência no setor público, onde realizou diversos trabalhos desde o ano de 1998. Além da faculdade de economia Leopoldo possui pós-graduação em Políticas Públicas e Gestão Ambiental. Na área acadêmica também tem no currículo 17 anos de experiência como professor de economia.

Leopoldo foi sub-secretário de Turismo no final do primeiro mandato de Dante de Oliveira e presidente da Junta Comercial de Mato Grosso, também no governo Dante, no Segundo mandato. Ele também foi secretário de Desenvolvimento Econômico e secretário de Administração e Finanças na cidade de Jaciara.

No governo Pedro Taques foi secretário adjunto de Empreendedorismo e Investimento e depois secretário titular de Desenvolvimento Econômico. É delegado do Conselho Regional de Economia de Mato Grosso e já compôs outros conselhos durante a atuação do setor público.

O experiente economista avalia Primavera do Leste como um município dinâmico, com grande potencial na agricultura e na agroindústria, “uma cidade onde a renda gerada é elevada – um grande potencial para a geração de emprego e renda. Vim para cá por acreditar na capacidade de crescimento do município. Trabalharei para criar condições e tornar o município mais atrativo aos investidores”.

ESPORTE

Estreando a Secretaria de Esporte, após o desmembramento que a separa da Secretaria de Educação, João Geraldo Ribeiro Rodrigues de Mello Neto. Ele é educador e sempre se dedicou a desenvolver atividades desportivas com alunos. Outra ligação que o secretário tem com o esporte é o fato de ele ser ex-atleta de voleibol e biribol amador.

Durante o ano de 2018, Neto, como é popularmente conhecido, atuou como coordenador de esporte dentro da Secretaria de Educação. Na oportunidade ele promoveu, junto à equipe, o resgate da credibilidade das ações esportivas, descentralizando os projetos e diversificando as modalidades.

Ascom – Prefeitura de Primavera do Leste


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Michel Temer é preso por força-tarefa da Lava Jato; Moreira Franco é procurado


A Força-tarefa da Lava Jato prendeu Michel Temer, ex-presidente da República, na manhã desta quinta-feira (21). Os agentes também tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia. Os mandados foram

expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

De acordo com o G1, a Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer desde quarta-feira (20), sem obter sucesso. Por este motivo, a operação prevista para as primeiras horas desta quinta-feira atrasou.

A prisão de Temer tem como base a delação de Lucio Funaro. No ano passado, Funaro entregou à Procuradoria-Geral da República informações complementares do seu acordo de colaboração premiada. Entre os documentos apresentados estão planilhas que, segundo o delator, revelam o caminho de parte dos R$ 10 milhões repassados pela Odebrecht ao MDB na campanha de 2014.

A delação de Lúcio Funaro, operador do PMDB, feita em setembro de 2017 e homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), serviu como base para a força-tarefa da Lava Jato. A colaboração de Funaro detalha como funcionava o esquema de corrupção no Congresso, chefiado por nomes fortes do PMDB – entre eles, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Moreira Franco, Eduardo Cunha e Tadeu Filippeli.

De acordo com o jornal O Globo, investigadores cruzaram informações e documentos fornecidos por Funaro com planilhas entregues à Justiça pelos doleiros Vinícius Claret, o Juca Bala, e Claudio Barbosa, o Toni. Eles são apontados como responsáveis por mandar valores para o exterior para políticos e empresários, inclusive Altair Alves Pinto, apontado como operador de Eduardo Cunha. Altair era conhecido como “o homem da mala” e repassava dinheiro para Cunha e para o ex-presidente Michel Temer.

Em breve, mais informações.

Istoé 


HOME / NOTÍCIAS

Brasil

Provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro


As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, segundo cronograma divulgado na tarde de hoje (27) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Pelo calendário, as inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio.

Entre 1º e 10 de abril os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018. O edital do Enem, conforme o instituto, será publicado no próximo mês.

No ano passado, 5,5 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o Enem, mas 4,1 milhões compareceram aos dois dias de provas. Nos dois domingos de exame, os estudantes precisam desenvolver conhecimentos de linguagens, incluindo redação, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

Os resultados do Enem podem ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento do curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em 2019 o Sisu ofereceu 235,4 mil vagas, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Além de universidades brasileiras, os estudantes podem se inscrever em 37 instituições portuguesas que têm convênio com o Inep.

Enem

 

Fonte: Agência Brasil