Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

política

Prefeito interino é favorito para vencer eleição em Primavera, aponta Mark


Leonardo Bortolin tem 59,4% das intenções de voto, contra 16,4 de Carmen Betti

O prefeito interino de Primavera do Leste, vereador Leonardo Bortolin (PMDB), é amplamente favorito para vencer a eleição suplementar do município, que será realizada no dia 19 de novembro. É o que aponta a pesquisa do Instituto Mark realizada entre os dias 2 e 4 de novembro.

Na amostragem estimulada, Bortollin lidera com 59,4% das intenções de voto. A única adversária, vereadora Carmen Betti (PSC), aparece bem atrás, com 16,4%.

Outros 15,1% dos entrevistados não souberam ou não responderam a pesquisa do Instituto Mark. Declararam que votarão branco ou nulo 9,1% dos eleitores ouvidos.

A vantagem de Bortolin é grande também na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos. Nela, o prefeito interino aparece com 32%. A vereadora Carmen tem apenas 8%.

Na espontânea, 52,9% não souberam ou não responderam e 7,1% disseram que anularão o voto.

A pesquisa Mark entrevistou 298 eleitores entre os dias 2 e 4 de novembro e tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Ela foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 04996/2016.

Fonte: Folhamax/ GILSON NASSER


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news


A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, remarcou para hoje (17) reunião com os coordenadores das campanhas dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

No encontro, previsto para às 19h30, em Brasília, estarão na pauta notícias falsas veiculadas especialmente nas mídias sociais.

TSE faz últimos preparativos para o primeiro turno nas Eleições 2018
TSE sediará reunião hoje para debater notícias falsas      (Arquivo/José Cruz/Agência Brasil)

As notícias falsas (fake news, em inglês) entraram na agenda do TSE desde o início da preparação do processo eleitoral.

O tribunal chamou os partidos a assinarem um acordo contra as notícias falsas, reforçou a equipe que monitora essa prática e agora tenta um pacto entre os dois candidatos para evitar a disseminação de fake news.

Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem afetar a credibilidade do pleito.

Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais. Decisões do TSE têm tirado notícias falsas da internet.

Fonte: Agência Brasil