Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Polícia tenta identificar ladrões que mataram empresário com tiro na cabeça durante assalto


Carlos da Cruz Olmedo, de 36 anos, foi alvejado na cabeça (Foto: Facebook/Reprodução)

Carlos da Cruz Olmedo, de 36 anos, foi alvejado na cabeça (Foto: Facebook/Reprodução)

A Polícia Civil tenta identificar os dois ladrões que mataram um empresário com tiros na cabeça durante um assalto em Cuiabá, na segunda-feira (10). Carlos da Cruz Olmedo, de 36 anos, foi abordado na frente da casa dele, no Bairro Jardim Keneddy. A vítima morreu ainda no local.

Carlos estava com a mulher e mãe. Todos foram obrigados a entrar na residência e amarrados em um dos cômodos.

A vítima, entretanto, conseguiu se soltar e lutou com um dos bandidos. Em seguida, foi alvejado com tiros na cabeça.

Os dois ladrões fugiram com objetos da casa e com o carro do empresário. O veículo foi encontrado abandonado no bairro vizinho.

O automóvel já passou por perícia e deve ajudar na identificação dos criminosos. Câmeras de monitoramento de outros imóveis também devem ser usadas na investigação.

Carlos era proprietário de uma empresa de consórcio de veículos, em Cuiabá.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Operação Lei Seca prende 3 motoristas embriagados e apreende 11 carros na MT-251


Operação Lei Seca prendeu 3 motoristas embriagados e apreendeu 11 carros na MT-251 entre Chapada dos Guimarães e Cuiabá — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Operação Lei Seca prendeu 3 motoristas embriagados e apreendeu 11 carros na MT-251 entre Chapada dos Guimarães e Cuiabá — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Uma blitz da Operação Lei Seca prendeu três motoristas embriagados nesse domingo (23) na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), saída de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, a 65 km da capital. De acordo com a Polícia Militar, a operação começou às 17h e foi encerrada às 19h30.

Em mais de duas horas, os motoristas que retornavam de Chapada dos Guimarães para a capital tiveram que enfrentar congestionamento causado pelas atividades da blitz.

Motoristas que retornavam de Chapada dos Guimarães para Cuiabá enfrentaram congestionamento na blitz da Lei Seca — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Motoristas que retornavam de Chapada dos Guimarães para Cuiabá enfrentaram congestionamento na blitz da Lei Seca — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria

Segundo a PM, 37 infrações foram aplicadas na operação. Dezesseis motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. Doze motoristas tiveram as carteiras de habilitação recolhidas por estarem com algum tipo de irregularidade.

Três motoristas foram presos embriagados. No total, a blitz aplicou 159 testes do bafômetro. Ainda, os policiais apreenderam 11 veículos durante a operação.

Embriaguez ao volante

O motorista flagrado dirigindo embriagado terá que pagar multa no valor de R$ 1.915,40.

No momento do teste de bafômetro, o condutor que apresentar índice de álcool no sangue superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l) é preso, paga a multa, tem a CNH suspensa e responde por crime. A pena é de detenção de seis meses a três anos.

Quando a quantidade de álcool detectada for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem CNH retida e paga multa.

Fonte: G1 Mato Grosso