Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Polícia encontra 200 kg de maconha ao apreender carro roubado


Cerca de 200 quilos de maconha foram encontrados, nesta quinta-feira (31), em uma residência no Bairro Planalto, em Cuiabá, durante a apreensão de um carro roubado. A ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva) investigava o roubo de um carro em julho deste ano. O veículo estava estacionado na casa. De acordo com a Polícia Civil, ninguém foi encontrado na residência.

O entorpecente estava em cômodos da casa e foi apreendido pelos policiais. Além da droga, uma balança foi encontrada no local.

A droga foi apreendida durante após uma denúncia anônima de que um carro roubado estava escondido no local. O veículo havia sido furtado em julho deste ano, no Bairro Porto, em Cuiabá.

Em diligências no local, a polícia constatou a suspeita e invadiu a residência. A droga estava divida em 122 tabletes espalhados pela casa.

O entorpecente e o carro foram levados para a delegacia. As investigações devem continuar para identificar os donos da casa e os envolvidos no roubo do carro, segundo a Polícia Civil.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Agentes da Cadeia Pública conseguem inibir ação de criminosos tentando jogar objetos ilícitos aos detentos


Da Redação

Após dias de levantamentos e investigações de que indivíduos tentariam jogar objetos ilícitos, a direção da Unidade da Cadeia Pública de Primavera do Leste, reuniu sua equipe e após campana, foi possível flagrar o suspeito que já teria arremessado uma linha de anzol por cima do muro da unidade e já estava amarrando os objetos.

A equipe de agentes conseguiu pegar o suspeitos , um deles nas proximidades da Cadeia Pública e o outro na sua residência, pois a equipe já tinha o nome é endereço dos elementos, por isso conseguiu chegar rapidamente no segundo suspeito.

Entre os objetos ilícitos também foi aprendido Substância aparentando ser maconha e uma quantidade de Durapox que seria usado para tampar os buracos usados para guardar os celulares e dificultar a localização pelos agentes. A Direção esclarece que as investigações continuam e agradece a população que sempre vem ajudando com denúncias.