Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Polícia Civil concluirá inquérito que envolve vereador na próxima terça


Da Redação

Durante coletiva de impressa realizada na tarde de hoje (17), o delegado responsável pelo caso, Bruno de Morais Carvalho, disse que toda a investigação está sendo realizada com total lisura. “Nós já estamos em fase de conclusão do inquérito. Coletamos depoimentos de pessoas envolvidas, materiais, também ouvimos as partes, e assim produzimos muita prova. Não tivemos problema nenhum no decorrer das investigações. Em nenhum momento houve intervenção política e de nem outro poder. Estamos fazendo um trabalho sério e ético”.

O delegado chegou a expedir o pedido de prisão preventiva para o vereador envolvido no caso, mas o judiciário negou. “O vereador envolvido no caso, se apresentou a Polícia e assim coletamos o seu depoimento. O caso corre em sigilo. Após a conclusão iremos enviar o inquérito para o Poder Judiciário”.

O Juiz, Alexandre Delicato Pampado, negou o pedido de prisão, expedido pelo delegado responsável pelo caso que envolve o  vereador Josafá Martins Barbosa, por entender que se trata de uma pessoa pública, e ter endereço fixo e ocupação lícita, sendo assim, poderá responder o processo em liberdade.

Entenda o Caso

O vereador Josafá Barbosa (PP), foi indiciado na segunda (15) pelos crimes de estupro de vulnerável e circulação de moeda falsa.

O suposto ato sexual teria ocorrido no domingo (14), mas veio à tona quando a vítima tentou gastar os R$ 100 em um supermercado. O comerciante constatou que a cédula era falsa.

A PM foi acionada e conduziu a adolescente à Central de Flagrantes. Durante o depoimento, ela revelou que o dinheiro falso era o pagamento pela relação sexual com Josafá Barbosa. Após o registro da ocorrência, o caso foi encaminhado para a delegacia de Primavera do Leste, onde corre o inquérito sigiloso para aprofundar as investigações.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso