Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Pecuarista é encontrado morto amarrado em árvore após denunciar abate de gado em Poxoréu


Ele havia denunciado abate clandestino na fazenda dele, em Poxoréu. Crime ocorreu na madrugada deste domingo (15) e ninguém foi preso.

Um pecuarista foi encontrado morto amarrado em uma árvore na madrugada deste domingo (15) nos fundos da fazenda dele, em Poxoréu, a 259 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, Elói Pereira Duarte, de 77 anos, havia denunciado, na semana passada, o abate clandestino de gados na propriedade dele.

A Polícia Civil foi comunicada e deve abrir um inquérito nesta segunda-feira (16).

Elói foi encontrado morto, às 1h (horário de Mato Grosso), na propriedade onde criava gados há mais de 20 anos. Ele morava na cidade com a família.

O corpo dele estava nos fundos da sede da fazenda, amarrado em uma árvore e com sinais de vários golpes na cabeça. A suspeita é a de que os criminosos tenham usado um pedaço de madeira pra matá-lo.

As primeiras informações apontam que os criminosos que já vinham abatendo gado na fazenda do pecuarista às escondidas. A polícia suspeita que tenham cometido o crime justamente no momento em que a vítima chegava na fazenda.

Na última terça-feira (10) o pecuarista chegou a registrar boletim de ocorrência na polícia, denunciando a prática de abate clandestino que teria passado a ser frequente na fazenda.

A polícia trabalha com a hipótese de que Elói tenha flagrado, no sábado (14), o abate no local e acabou sendo executado.

Latas de cerveja foram recolhidas na fazenda por investigadores. A partir delas, a polícia deve ter impressões digitais que poderão ajudar nas investigações. A previsão é de que o inquérito seja concluído em 30 dias, podendo ser prorrogado por mais 30 dias.

Fonte: G1 MT


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Incêndio destrói loja de rodas esportivas e pneus em Várzea Grande (MT)


Um incêndio na noite dessa quinta-feira (21) destruiu uma loja de rodas esportivas e pneus no Centro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, suspeita-se de curto circuito na rede elétrica do estabelecimento. O fogo foi controlado e não houve registro de feridos.

Segundo os bombeiros, o incêndio atingiu uma loja que fica na Avenida Couto Magalhães.

Três viaturas e 25 militares foram enviados ao local por conta da quantidade de pneus na loja.

Os militares evitaram que as chamas se espalhassem para estabelecimentos vizinhos, como uma loja de fogos de artifício que fica ao lado do local.

Os bombeiros também conseguiram evitar que o incêndio atingisse o estoque de rodas e pneus, além do escritório da loja. Guardas municipais e policiais militares também deram apoio ao combate ao incêndio.

Fonte: G1 Mato Grosso