Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Pastoral da AIDS realiza ações durante o mês de dezembro de combate e prevenção contra a AIDS


A Pastoral da Aids, ligada a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), aproveitando a passagem do Dia Mundial de Luta contra a Aids, realiza campanha em vista do incentivo ao tratamento e sua adesão, como importante estratégia para a prevenção da epidemia e o autocuidado às pessoas que já vivem com HIV/Aids, gerando bem estar e vida com qualidade.

Assim como as campanhas anteriores que já trabalharam o incentivo ao diagnóstico precoce e busca pelo tratamento, esta campanha também se inscreve na estratégia proposta pela Unaids de “testar e tratar”, tendo em vista a eliminação da epidemia da aids até o ano de 2030, ou seja, a campanha pretende colaborar no alcance da meta 90-90-90. A meta Unaids pretende diagnosticar 90% das pessoas com HIV; vincular ao tratamento 90% das pessoas diagnosticadas e incentivar que 90% das pessoas em tratamento alcancem carga viral indetectável, através da adesão à medicação.

O tratamento, quando seguido e mantido de forma adequada, leva à redução da carga viral, ou seja, à redução da quantidade de vírus circulante no organismo, impedindo que o HIV seja transmitido a outras pessoas. Além disso, promove grandes benefícios para o indivíduo que vive com o vírus: evita o colapso do sistema imunológico, previne doenças oportunistas e mantém o organismo saudável, impedindo o desenvolvimento da Aids, dando plenas condições para uma vida normal.

A campanha foca três grandes objetivos. O primeiro é lembrar a população brasileira que Aids não tem cara, por isso é tão importante o diagnóstico precoce: quanto antes souber, maior a possibilidade de preservação do estado de saúde. O segundo é destacar que não existe mais o “coquetel da aids” como era na década 90, hoje o tratamento é mais simples: menos comprimidos e doses, mais eficiência e praticidade. O terceiro é ressaltar que a Aids não tem mais “cara de morte”, pois é possível ter saúde e vida plena, mesmo vivendo com o vírus HIV.

Em Primavera do Leste as ações serão realizadas durante todo o mês de Dezembro, pela Pastoral da AIDS em parceria com a Secretaria de Saúde, por meio da atenção básica nos postos de saúde, com o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), além do Hospital São Lucas e o Laboratório de Análises Clínicas Biolab, assim como estará presentes nas missas.

“O projeto Dezembro Vermelho nos possibilita trabalhar um mês com ações de combate e conscientização das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), para que seja conhecida em nossa cidade. A Pastoral da AIDS foi idealizada para responder aos desafios pastorais da epidemia da AIDS, que realiza um trabalho de prevenção, acolhimento e acompanhamento de pessoas que convivem com o HIV e também incentivando a testagem. E nós acreditamos que com essa missão vamos ao encontro das palavras de Jesus cristo que diz: ‘eu vim para que todos tenham vida’ ”. Ressalta irmã Lourdes Bonatto.

A Coordenadora Regional da Pastoral da AIDS em Mato Grosso, Maviane Damitz, enfatiza que o diagnostico precoce permite a qualidade de vida das pessoas. “A AIDS tem tratamento e com o apoio da equipe de saúde multidisciplinar do CTA, o paciente tem um tratamento humanizado. Sempre digo que quem ama cuida e se cuida, pois a AIDS é uma das mais sérias crises de saúde de nosso tempo. Sabemos que ela traz consigo não apenas questões de saúde, mas também vulnerabilidade econômica, social, moral e espiritual de grande relevância”.

Parceiros

O Laboratório de Análises Clínicas, Biolab de Primavera do Leste, desenvolve um projeto chamado “Semeando o Bem Estar” e o projeto tem como objetivo a prevenção e o cuidado com a vida, e é neste intuito que o Biolab tem buscado disseminar ainda mais o cuidado com a saúde das pessoas e assim é parceiro do projeto “Dezembro Vermelho”. “É de suma importância a campanha dezembro vermelho, porque hoje temos como tratar as doenças sexualmente transmissíveis/AIDS, e com o tratamento certo as pessoas vivem normalmente com saúde. A parte laboratorial, é importante porque temos métodos de diagnosticar de forma precoce a doença e assim evitar que o vírus infecte muitas células. Para as pessoas que estão em tratamento temos como, por meio de exames laboratoriais, fazermos o acompanhamento terapêutico”.  Explica o Farmacêutico Bioquímico e diretor técnico do Biolab, Luiz Antônio do Valle Silva Chaves.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é parceira do Dezembro Vermelho, e oferece à população testes rápidos de diagnóstico de HIV e triagem para sífilis e hepatites B e C, por meio das Unidades Básicas de Saúde. Durante o mês de Dezembro, a SMS, com o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), e Atenção Básica somam forças à Pastoral da AIDS na luta contra AIDS e HIV organizando uma campanha municipal de sensibilização para o tema.

“Esta parceria tem sido muito importante para fazer com que a campanha mobilize o maior número de pessoas possíveis. Estaremos com um cronograma especial para oferta de testagem rápida nas unidades básicas de saúde. Sendo assim, a população deve procurar a unidade básica mais próxima do seu bairro para obter informações sobre o dia do exame. O exame é simples e sigiloso. O objetivo da Atenção Básica é permitir a acessibilidade ao usuário. Quanto mais acessível for o exame, melhor para prevenção e maior a possibilidade de diagnosticar casos novos o quanto antes, permitindo tratamento oportuno”. Esclarece a Enfermeira Coordenadora da Atenção Básica, Edezia Guirra.

Para o Secretário Municipal de Saúde, Advanilson Sampaio, a parceria com a secretaria e a Pastoral da AIDS vem de encontro com os objetivos da gestão que é levar mais acesso à saúde de nossa população. “Vamos intensificar os serviços de prevenção ao HIV, Sífilis, Hepatites B e C, a assistência aos soropositivos, e sem preconceitos, acolher, acompanhar e defender os direitos daqueles que foram infectados”.

O cristão é chamado a ver naqueles que sofrem o próprio rosto de Jesus: “Eu estava doente e vocês me visitaram!” (Mt 25)

Programação

*30 de Novembro: Abertura das atividades da Campanha “Dezembro Vermelho” a partir das 14h, no Lago Municipal, com panfletagem e teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C;

*04 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 3, no período vespertino;

*05 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 2, no período matutino e no ESF 9 no período vespertino;

*07 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 1, no período matutino;

*07 de Dezembro: Caminhada de sensibilização. Saída do Hospital São Lucas a partir das 14h com chegada a praça central, próximo a paróquia São Cristovão;

*08 de Dezembro: Sensibilização e panfletagem na Feira Municipal a partir das 8h;

*09 de Dezembro: Sensibilização e panfletagem na Feria Municipal do Bairro Primavera III, a partir das 8h;

*10 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 5, no período matutino e no ESF 8 no período vespertino;

*10 de Dezembro: Caminhada de sensibilização na Avenida Belo Horizonte, a partir das 18h;

*11 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 11, no período  vespertino;

*12 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 6, no período  matutino e na UBS T, no período da vespertino;

*12 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, nas casas noturnas da cidade a partir das 19h;

*13 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, na UBS CR no período vespertino;

*14 de Dezembro: Blitz educativa e com panfletagens na Avenida Porto Alegre, na rotatória do Centro Educacional Primavera, a partir das 8h;

*15 de dezembro: Evento Jesus no Pantanal. Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no Bairro Tuiuiú a partir das 15h, no salão da comunidade, que fica na Rua da Ema.

*18 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 7 no período matutino e ESF 10 no período vespertino;

*19 de Dezembro: Teste rápido para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, no ESF 4 no período matutino.

Ressaltando que ainda a uma agenda para presença de ações nas Paróquias; São Cristóvão, Nossa Senhora da Salete, São Francisco e na Nossa Senhora Aparecida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereadores ouvem reivindicações de trabalhadores contra a empresa CityBus


Luis Costa prepara pedido de CPI para investigar a empresa

Da Redação

A comunidade tem reclamado das condições de uso do transporte coletivo de Primavera do Leste, e desde o ano passado o vereador Luis Costa (PR) começou a levantar dados necessários para investigar a situação. Em novembro o legislador acompanhou o trajeto do bairro Primavera 3 até o centro, e viu que a situação não é nada boa, pois existe a super lotação. Diante desta perspectiva e das reclamações que vem chegando ao gabinete do vereador e também a Casa de Leis, Luis Costa sugere que se instaure uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa CityBus.

E no dia de ontem (20), o legislador, juntamente com os colegas Carlos Venâncio (PSD) e Carmem Betti Borges (PSC), participaram da assembléia geral dos trabalhadores da Granja Mantiqueira e na oportunidade, ouviram os trabalhadores de Primavera do Leste e os que moram em Poxoréu, sobre as condições do transporte coletivo. A empresa Granja Mantiqueira fornece apenas o valor do transporte coletivo aos trabalhadores, não tendo assim nenhuma ligação com a empresa CityBus.

“Temos apenas uma empresa de transporte coletivo em nossa cidade que é a CityBus, e sabemos que a cidade talvez não tenha um número expressivo de habitantes que precise para ter uma outra empresa, sendo assim, a empresa que ganhou a licitação tem que cumprir com o contrato e fornecer um serviço de qualidade aos usuários”. Informa o legislador.

Segundo relatos de passageiros do município, os ônibus têm chegado com atraso nos pontos, tem circulado na cidade com super lotação, também alguns não têm as adequações necessárias para transportar passageiros e a empresa não dispõe de uma ouvidoria. Já os passageiros que vem da cidade de Poxoréu para trabalhar em Primavera do Leste, reclamaram do atraso em relação aos horários, já que muitos usuários precisam chegar a seus empregos nos horários.  Ainda alguns motoristas estão rodando em alta velocidade. Outro ponto citado é a falta de estrutura do ônibus que faz essa linha intermunicipal, em que, não possui cinto de segurança, estão super lotados e estragando no meio da estrada com muita freqüência.

“Já solicitei a prefeitura o contrato entre a empresa e o executivo para investigar o cumprimento, também estou juntando todas as reclamações, e irei, com outros colegas vereadores até a Coordenação Municipal de Trânsito e Transportes Urbano (CMTU) da cidade para verificar a situação das vistorias. Ressalto ainda que iremos falar com a Ager, órgão que fiscaliza as linhas intermunicipais para saber quais os padrões para transportar passageiros e iremos exigir os tacógrafos, como forma de acompanhar o bom andamento do serviço prestado”. Conclui Luis Costa.