Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Operação mira grupo suspeito de roubo de R$ 40 milhões em cargas e veículos em Mato Grosso e 4 estados


As polícias Civil e Rodoviária Federal (PRF) realizam, nesta quinta-feira (30), a Operação Zayn, que visa combater um grupo suspeito de roubar R$ 40 milhões em veículos e cargas, além de fazer motoristas reféns em Goiás, Pará, Mato Grosso, Rondônia e São Paulo. São cumpridos, no total, 62 mandados de busca e apreensão e 26 de prisão preventiva.

De acordo com o delegado Alexandre Bruno Barros, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas de Goiás (Decar), 19 membros da organização criminosa foram presos nos últimos meses. Segundo ele, a ação também já recuperou 25 caminhões antes da operação deflagrada nesta quinta-feira.

A Operação Zayn começou a cumprir os mandados judiciais na madrugada desta quinta-feira. Mais de 340 policiais civis e rodoviários federais participam da ação.

Em Goiás, a força-tarefa cumpre a 23 mandados de prisão e outros 43 de busca e apreensão. Segundo informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil do estado, os presos estão sendo levados para a sede da Delegacia da PRF, no Jardim Guanabara, região norte da capital.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso