Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

O Melhor de Mim – projeto de auriculoterapia vai contribuir com a rotina do autista


A Secretaria de Saúde colocou mais essa ferramenta a serviço da população

Foi com a ideia de duas servidoras comprometidas em levar bem-estar à população e, de maneira especial a um público específico, os autistas, que surgiu o projeto que recebeu apoio incondicional da secretária Laura Kelly e do prefeito Léo Bortolin e, pode ser um divisor de águas nas práticas oferecidas aos autistas. A auriculoterapia pode ser uma ferramenta eficiente para amenizar a ansiedade e o dia a dia das crianças e, conseqüentemente a rotina das famílias.

Roberta Bernadelli e Priscila Akemi Ogasawara, enfermeira e nutricionista, idealizadoras do Projeto O Melhor de Mim, explicam que aauriculoterapia é uma especialidade da Medicina Tradicional Chinesa, um sistema independente que pode, além de aliviar dores, tratar cerca de 200 enfermidades. Segundo manuscritos antigos encontrados na China, o pavilhão auricular – orelha – possui estreita relação com o resto do corpo. No final dos anos 40, o médico francês Paulo Nogier, desenvolveu um sistema de diagnóstico a partir de diversos estudos em que ele mostra as semelhanças dos pontos da auriculoterapia com a anatomia de um feto.

Segundo estudos com teses devidamente comprovadas, a auriculoterapia é uma técnica da acupuntura que utiliza a orelha para efetuar o tratamento de diversas enfermidades. Ela trabalha apenas com pontos situados na orelha, que compreendem um microssistema do organismo humano – ou seja, a representação de todo o corpo está contida no pavilhão auricular,
um “mapa” que corresponde a todos os órgãos e estruturas do corpo e permite com que se atue no organismo de maneira ampla.

A secretária de Saúde, Laura Kelly, apoiou incondicionalmente a iniciativa das servidoras por entender que a auriculoterapia vai oferecer benefícios para os autistas que merece atenção especial do serviço público de saúde – “queremos oferecer a população outros projetos que possam levar conforto para o cidadão, temos compromisso com a saúde e o bem estar das famílias que precisam de políticas públicas e, estamos orgulhosas das  servidoras que demonstraram um alto grau de comprometimento com o serviço público”.

A representante da AMA no evento, Renata Polato, psicóloga, reconheceu a importância do poder público em se atentar para esse problema, que necessita de várias intervenções e a auriculoterapia será mais um instrumento a serviço das famílias, “não conheço ainda os benefícios desse tratamento para os autistas especificamente, mas pesquisei e, vamos acreditar no sucesso dessa iniciativa”.

As idealizadoras Roberta e Priscila montaram o projeto imaginando um atendimento mais abrangente, embora quisessem algo mais específico, para poder avaliar com mais precisão os resultados desse trabalho. “Tivemos a feliz ideia de trabalhar, aplicar a auriculoterapia nas crianças autistas e, estamos vivendo a expectativa natural, mas confiantes quanto aos resultados”.

O prefeito Léo Bortolin reiterou que ao tomar conhecimento do projeto, “deferi imediatamente por acreditar que iniciativas dessa natureza, com perfil inovador terá sempre o apoio da nossa gestão, precisamos sair do automático, do óbvio e avançar, ousar e, nesse momento só tenho que agradecer toda a equipe envolvida nesse projeto”.

O projeto prevê atendimento toda segunda-feira, durante três meses, para cada paciente – ou seja, 12 sessões.

 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Duas novas ambulâncias complementam a frota da saúde de Primavera do Leste


Os veículos foram adquiridos com a contribuição da Câmara Municipal

A secretaria municipal de Saúde recebeu nesta sexta-feira (19), mais duas ambulâncias novas para integrar a frota.  Com recursos devolvidos da Câmara Municipal, R$ 350 mil, e a contrapartida da Prefeitura foi possível equipar, para tornar mais eficiente, um setor de suma importância que é o transporte de pacientes para Rondonópolis e Cuiabá, preferencialmente.

O Legislativo repassou os R$ 350 mil e, desse montante, trezentos foram destinados a aquisição das ambulâncias e o restante, R$ 50 mil, teve outra destinação, também na área da saúde. A Prefeitura contribuiu com R$ 56 mil provenientes de recursos próprios. Na oportunidade a prefeitura recebeu uma ambulância doada pela empresa Cargill.

Segundo a secretária de saúde, Laura Kelly, essas duas aquisições “somam cinco ambulâncias para atender a demanda intermunicipal, ou seja, transportar pacientes para Rondonópolis e Cuiabá, como também atender os pacientes em domicílios”.

A coordenadora da UPA, Paula Castilho Xavier, afirmou que são realizadas cerca de 80 a 100 viagens mensais, transportando pacientes, e “para atender essa estrutura contamos com nove motoristas com plantões de quatro motoristas/dia e um atendendo a demanda interna”.

O presidente da Paulo Márcio (DEM) destacou o empenho dos parlamentares em contribuir com seriedade para uma gestão responsável. “Nosso objetivo é o desenvolvimento de Primavera do Leste. Por isso, nosso trabalho tem sido pautado no bem público. Conhecemos de perto os problemas de cada área e a saúde tinha essa necessidade de mais ambulâncias, para agilizar e potencializar os atendimentos”.

O prefeito Léo Bortolin reafirmou que a parceria com a Câmara Municipal tem permitido investimentos em áreas essenciais para o bem da população. “Reconheço a importância dessa confiança mútua entre os Poderes. Só temos a agradecer a atuação dos vereadores, pelo entendimento de que juntos podemos fazer de Primavera a cidade que queremos, com qualidade de vida e saúde pública eficiente, essa é nossa função pública”.

ASCOM – Prefeitura de Primavera do Leste