Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher é morta com com tiro na cabeça na frente de 3 filhos menores


Um preso da Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso (PCE) é suspeito de ser o mandante do assassinato da esposa, Daiany Tatsch Georget Duarte, 25 anos. A vítima foi morta com um tiro na cabeça na madrugada desta segunda-feira (30), no Residencial Gilson de Barros, em Várzea Grande (MT).

Segundo as informações da Polícia Militar, o crime foi praticado por volta das 3h20, dentro da residência de Daiany que estava em companhia dos três filhos menores de idade no momento em que foi executada.

Em relato, um deles disse aos policiais militares que dois homens invadiram a residência e efetuaram apenas um tiros na cabeça da mãe. Em seguida fugiram numa motocicleta.

Os filhos disseram ainda que o crime foi encomendado por Izaias Pereira Duarte, vulgo “Caverninha”, de 26 anos. O acusado está preso na PCE. A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) e o Instituto Médico Legal foram acionados e deram inicio à investigações.

A ficha criminal de Isaias é extensa. Além de matar dois policiais, ele já assassinou outras três pessoas, e tentou matar mais duas. Os homicídios foram cometidos durante roubos praticados pelo criminoso.

Agora mt


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa irá recorrer contra decisão da sentença de cassação de seu mandato


Da Redação

Após decisão da juíza, Lidiane de Almeida Anastácio Pampado, da 40º zona eleitoral, de cassar o diploma e o mandato eleitoral de vereador do Município de Primavera do Leste, Luis Pereira Costa afirma que irá recorrer contra a decisão da sentença.

Segundo o vereador, o processo se deu por conta da sua atuação em denúncias de possíveis esquemas de corrupção praticados pela gestão atual. Em uma de suas denúncias, Luis Costa aponta ao Ministério Público o envolvimento do então vereador Elton Baraldi (MDB), em que, as empresas de sua família, são favorecidas nos processos de licitações da Prefeitura de Primavera do Leste para a prestação de serviços de transportes. Fato que comprovou-se em uma ação do próprio MP, na época com busca e apreensão no gabinete, residência e nas empresas do próprio Elton Baraldi.

“Eu comecei a fiscalizar e denunciar e isso provocou o grupo político da atual gestão e como forma de me calar, eles disseram que eu estava abusando do poder econômico e fazendo Fake News. É uma situação muito difícil para mim pois estou lutando contra um sistema. Pois a própria juíza que sentenciou o meu processo é amiga do prefeito”. Explica Luis Costa.

Além deste processo um outro já havia sido julgado, também por parte do vereador Elton Baraldi contra o vereador Luis Costa, e neste anterior a juíza Patrícia Cristiane Moreira, julgou favorável ao vereador Luis Costa pois avaliou improcedente a denúncia.

“Os processos tem o mesmo princípio, tanto o primeiro como o segundo e porque agora com a juíza Lidiane a situação foi favorável? Irei recorrer pois é um direito meu e também vou denunciar esse aparelhamento entre os poderes ao Conselho Nacional de Justiça, pois os poderes, legislativo, executivo e judiciário precisam trabalhar de forma independente. Eu continuo o meu mandato e também irei recorrer, até ter um outro retorno da justiça estadual e federal”. Finaliza Luis Costa.