Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mulher é agredida pelo namorado com golpes de machado na cabeça enquanto dormia em Primavera do Leste


Uma mulher foi agredida com golpes de machado na cabeça enquanto dormia, no sábado (23), na casa da mãe dela, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

A vítima, de 39 anos, foi atingida por dois golpes na cabeça e sobreviveu. Ela se recupera da agressão em casa. A mulher, que não quer se identificar, viveu um relacionamento onde o medo era constante.

“Foram 7 meses de muita ameaça”, afirmou.

Mulher é agredida a golpes de machado na região de Primavera

Mulher é agredida a golpes de machado na região de Primavera

Ela morava com o namorado em uma fazenda que fica no limite entre Primavera do Leste e Poxoréu, sudeste do estado. Na madrugada do último sábado, enquanto estava dormindo, foi agredida por ele com dois golpes de machado. Ele invadiu a casa da mãe dela e entrou no quarto onde elas dormiam.

“Ele veio e me golpeou com o machado. Eu pensei que eu ia morrer, que hoje eu não estaria aqui. Foi Deus que colocou a mão sobre mim”, declarou.

De sábado até esta segunda-feira (25) a PM da cidade atendeu 5 casos de mulheres que estavam sendo ameaçadas ou agredidas pelos companheiros. Dessas situações, em 4 os suspeitos foram detidos e levados para a delegacia

A Polícia Civil já identificou o suspeito de agredir a mulher com golpes de machado, mas ele não foi preso.

Dados

Em cinco meses, 38 mulheres foram assassinadas em Mato Grosso. A maioria por crime passional. Dentre os homicídios registrados, 60% teve motivação passional, 10% por envolvimento com drogas, 3% por vingança, 3% por rixa e 8% por outros movitos. O restante dos casos, segundo os dados, ainda estão sendo apurados.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.