Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

MT é o segundo do Centro-Oeste com maior número de mortes violentas em 2016


Mato Grosso é o segundo estado da região Centro-Oeste com o maior número de mortes violentas em 2016, segundo o 11ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Com 1.172 mortes entre janeiro e dezembro do ano passado, o estado fica atrás apenas de Goiás, que registrou 2.934 assassinatos nomesmo período.

O levantamento é elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e foi divulgado nesta segunda-feira (30).

De acordo com os dados, três pessoas são mortas violentamente no estado a cada dia. A taxa é maior que os outros estados da região.

Em Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal foram a taxa é de uma morte violenta por dia. Em contraponto, Goiás, o estado que lidera o ranking na região, registrou oito assassinatos violentos no mesmo período.

Em um dos casos registrado, uma mulher de 50 anos foi encontrada decapitada em Jaciara, a 148 km de Cuiabá, em setembro do ano passado. O corpo dela, encontrado perto de uma ponte na MT-260, estava de bruços, decapitado e com os braços amarrados.

Dados no Brasil

No país, 61.619 mortes violentas foram registradas. Esse é o maior número de homicídios por ano ano da história.

A taxa é comparada ao número de mortes provocadas pela explosão da bomba nuclear que dizimou a ciade de Nagasaki, no Japão, em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial.

 Fonte: G1 Mato Grosso

COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Incêndio destrói loja de rodas esportivas e pneus em Várzea Grande (MT)


Um incêndio na noite dessa quinta-feira (21) destruiu uma loja de rodas esportivas e pneus no Centro de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, suspeita-se de curto circuito na rede elétrica do estabelecimento. O fogo foi controlado e não houve registro de feridos.

Segundo os bombeiros, o incêndio atingiu uma loja que fica na Avenida Couto Magalhães.

Três viaturas e 25 militares foram enviados ao local por conta da quantidade de pneus na loja.

Os militares evitaram que as chamas se espalhassem para estabelecimentos vizinhos, como uma loja de fogos de artifício que fica ao lado do local.

Os bombeiros também conseguiram evitar que o incêndio atingisse o estoque de rodas e pneus, além do escritório da loja. Guardas municipais e policiais militares também deram apoio ao combate ao incêndio.

Fonte: G1 Mato Grosso