Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra

MPE investiga pagamento de R$ 7,9 mi da prefeitura de Cuiabá


O Ministério Público de Mato Grosso abriu inquérito civil para investigar o atual secretário municipal de Saúde, Antônio Possas de Carvalho, por suposto pagamento irregular a empresa Alfema Dois Mercantil Cirúrgica Ltda no valor de R$ 7,980 milhões. O prejuízo aos cofres da capital pode ter sido de mais de R$ 3,5 milhões.

 

De acordo com a portaria assinada pelo promotor de Justiça Mauro Zaque, a denúncia partiu do vereador Diego Guimarães (PP). O parlamentar alega que a dívida da Prefeitura com a empresa era de R$ 739.873,64, conforme cálculo apresentado pela Coordenadoria de Contabilidade e Conciliação, e mais uma de R$ 3.690.264,90.

No entanto, “o valor pago pelo município, conforme Termo de Acordo Administrativo dos dois processos supracitados, realizado entre o então Procurador-Geral do Município de Cuiabá, Sr. Luiz Antonio Possas de Carvalho e a empresa Alfema Dois Mercantil Cirúrgica LTDA., foi de R$ 7.980.173,26, causando possível dilapidação aos cofres públicos no valor de R$ 3.550.034,72”, diz trecho da portaria assinada nesta quinta-feira (16).

 

A denúncia também foi encaminhada para o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) para que fosse realizada Tomada de Contas Especial do pagamento.

 

Ao instaurar o inquérito, Mauro Zaque determina o reenvio de ofício a empresa para que mesma preste esclarecimentos, como o fornecimento da “planilha de cálculo em que se chegou ao valor que está sendo pago pelo Município de Cuiabá-MT;  o Termo de Cessão de Crédito feito à Empresa Transportadora Crescente Ltda., relatando qual o tipo de contrato entre a Transportadora e a Empresa Alfema Dois Mercantil Cirúrgica Ltda.;  e qual o vínculo comercial ou jurídico que justifique a cessão de crédito”, diz outro trecho da portaria.

Zaque ainda solicita o reenvio de um ofício para que o TCE receba como representação externa de Diego Guimarães e determine a instauração de Tomada de Contas Especial.

 

Outro lado 

Procurado pelo site GD  a assessoria da Prefeitura ainda não se posicionou sobre o caso.

Gazeta Digital 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Risco de pegar covid-19 em Primavera é 45% maior que em Cuiabá


Apesar do maior número de casos, o risco de pegar covid-19 em Primavera do Leste (231 km ao Sul da Capital) e 45% maior que em Cuiabá. O GD analisou os dados do boletim de 1º de junho, comparando os casos confirmados nos 15 maiores municípios de Mato Grosso.

Fazem parte dessa análise Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Cáceres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Barra do Garças, Primavera do Leste, Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Campo Verde e Juína.

Enquanto na Capital ocorre um caso a cada 770,4 habitantes, em Primavera do Leste acontece um caso a cada 530 moradores. Para se ter uma ideia, Primavera do Leste é o 10º maior município do estado, com uma população de 62.019 moradores, seguindo estimativa do IBGE para 2019.

Em terceiro lugar no ranking de maior taxa de incidência do novo coronavírus está Barra do Garças (509 km a leste), com um diagnóstico positivo para cada 774,7 habitantes. A cidade é a nona mais populosa do estado, com 56.560 moradores.

Logo em seguida vem Lucas do Rio Verde (354 km ao norte), com um caso a cada 862,2 habitantes. O município é o oitavo com maior população em Mato Grosso, que segundo o IBGE é de 65.534 moradores.

Sem contar as mortes ocorridas por covid-19, apenas na comparação da chance de se pegar a doença, o risco de transmissão do novo coronavírus é muito maior em Primavera do Leste, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra (1 a cada 918,1 habitantes) do que em Várzea Grande, que está na região metropolitana e tem um caso a cada 1.108 moradores.

Em Mato Grosso, a taxa de incidência da covid-19 era de um caso a cada 1.321 habitantes. No primeiro de dia de junho havia 2.636 diagnósticos positivos, para uma população de 3,4 milhões de habitantes.

Fonte: Gazeta Digital