Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Motorista foge após bater carro em ponto de ônibus e banca de jornal durante racha com moto


O motorista de um carro de luxo fugiu depois de bater o carro num ponto de ônibus e em uma banca de jornal na madrugada desta segunda-feira (19), em Cuiabá. A suspeita é que ele estivesse participando de um racha com uma motocicleta. Segundo a polícia, ninguém ficou ferido.

O acidente foi registrado na Avenida Tenente Coronel Duarte, a Prainha, na região central de Cuiabá.

Testemunhas relataram que o motorista participava de um racha com uma motocicleta de alta cilindrada.

Antes de parar, o carro atingiu a calçada e bateu na banca de jornal e no ponto de ônibus. O veículo deixou uma pilha de destroços no local.

Depois do acidente, o motorista fugiu do local. A polícia deve investigar o acidente.

 Fonte: G1 Mato Grosso

COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Dentista é assassinado a tiros dentro de caminhonete ao chegar em casa em MT


Um dentista foi assassinado a tiros na noite dessa quinta-feira (19) em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo informações da Polícia Civil, Guilherme José Mancuso, de 41 anos, foi abordado por dois assaltantes quando chegava em casa.

A vítima estava em uma caminhonete Hilux e foi baleada no pescoço. Os dois suspeitos estariam em uma motocicleta e abordaram o dentista no momento em que ele chegava na residência dele.

Dentista foi assassinado a tiros dentro de caminhonete em Cáceres (Foto: Cáceres Notícias)

Dentista foi assassinado a tiros dentro de caminhonete em Cáceres (Foto: Cáceres Notícias)

A situação ocorreu no Bairro Cavalhada por volta de 21h30 (horário de Mato Grosso).

Depois de ser baleado, testemunhas viram a situação e pediram socorro. Guilherme foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu durante o atendimento médico.

A polícia trabalha com a hipótese de latrocínio ou crime passional. Até a manhã desta sexta-feira (20) nenhuma pessoa havia sido presa ou identificada suspeita de cometer o crime.

Fonte: G1 Mato Grosso