Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Menina de 12 anos envia carta para PM denunciando agressões do pai: “Eu preferia ele morto”


Uma adolescente de 12 anos denunciou agressões de seu pai através de cartas enviadas a um vizinho que é policial militar.  O suspeito, de 40 anos, identificado como E. residia com a filha na cidade de Várzea Grande. Após a denúncia, ele acabou detido na última quarta-feira (29) e conduzido para prestar esclarecimentos à Polícia Civil. Inquérito deve ser instaurado para que o caso seja apurado.

“Eu preferia ele morto assim ninguém precisava sofrer. Eu não aguento eu tava tratando de fugi mas se eu fugi ele mata as pessoas que eu tanto amo. Vocês não houve gritos não? “, questiona a garota. Ela ainda relatou na carta que há dois anos não vê sua mãe.

Segundo informações de uma conselheira tutelar que atua na região do Jardim Glória, os pais da criança são separados. Após o divórcio, a menina teria sido criada por tios que moram em Chapada dos Guimarães (60 km de Cuiabá) e há cerca de um ano passou a residir com o pai biológico.

“Oi de novo, descupa atrapalha mas se você tivesse denunciado eu não taria passando o que estou passando agora, ele tá querendo mudar pro nortão”, diz outro trecho de bilhete enviado ao vizinho. A criança foi retirada, por medida de segurança, do convívio com os pais.

A partir de agora o caso deverá ser acompanhado pelo Conselho Tutelar de Chapada dos Guimarães.

Fonte: Olhar Direto


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso