Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Matrículas da rede municipal de Primavera iniciam na próxima semana


Na próxima terça-feira (12), a partir das 08:00, tem início as matrículas para a rede municipal de ensino em Primavera do Leste. As inscrições dos alunos serão feitas de maneira virtual através de um link que estará disponível no site da prefeitura e poderão ser feitas até o dia 16 de janeiro.

Diferente de outros anos, em que era preciso aguardar um SMS para confirmar se havia ou não vaga na unidade escolar desejada, este o ano o pai ou responsável saberá no momento da matrícula se há ou não a   disponibilidade, podendo optar por outra escola ou fazer um cadastro de reserva. “Ou seja, o próprio sistema vai informar se há a vaga ou não. Não haverá mais o sistema do SMS que tantos os pais reclamaram. Quando entrar na escola que quer a vaga, já vai mostrar a quantidade
de vaga que tem em cada série. Quando finalizar o cadastro ele já segura a vaga e mostra o protocolo. Caso aquela escola não tenha mais a vaga, o sistema dá um alerta que não tem e pode escolher outra escola, tudo na hora”, explicou a secretária de educação Adriana Tomasoni.

De acordo com a secretária, os pais que os filhos já estudavam na rede municipal em 2020, não precisam se preocupar, pois estes já foram rematriculados de forma automática. “Já fizemos as rematrículas em 2020 automaticamente, para não ter a presença dos pais, por segurança”, garantiu.

Para fazer a matrícula é necessário que os pais ou responsáveis tenham em mãos o CPF do aluno. Em relação a curiosidade se aulas voltam de forma presencial, a secretária ressaltou que tudo está organizado para que o retorno ocorra no dia 08 de fevereiro, porém, ainda é cedo para afirmar qual será a metodologia utilizada. “Está tudo organizado para voltarmos as aulas presenciais em 2021. Mais cabe ao gestor decidir se vamos
voltar e como vamos voltar, se este retorno ocorrerá de forma escalonada, hibrida. Teremos um ano de muitos desafios”, finalizou.

Fonte: Clique F5/ Jaqueline Hatamoto


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Pedido de cassação de Luis Costa é arquivado após vereador citar perda prazo da conclusão de processo


Da Redação

Em sua 2º legislatura, eleito pelo povo, o vereador Luis Costa (PDT) se posiciona a favor das políticas públicas que favorecem o povo. É incisivo em dizer que não tem lado político, e que sempre lutará pelos diretos dos cidadãos primaverenses. Diante das inúmeras denúncias realizadas, sendo, contrário há algumas condutas da gestão municipal, e a atuação de alguns profissionais liberais que trabalham de forma indireta com grupos políticos, Luis tem deixado algumas pessoas incomodadas.

 

Recentemente um advogado que atuou frente a gestão municipal sentiu-se ofendido e requereu a cassação do mandato do vereador Luis Costa, que segundo o advogado, o legislador se referiu ao profissional de forma pejorativa. O pedido foi para o plenário e desta forma a maioria dos pares votou pela abertura da Comissão Processante (CP) para investigar a conduta do vereador.

 

Durante a última sessão ordinária (18/10), o relatório concluído da CP do vereador Luis Costa foi para a pauta, na qual, antes da leitura da CP, Luis Costa citou em tribuna o artigo 71 do Regimento Interno dizendo sobre os prazos. Após sua fala, o presidente da Casa de Leis, durante a leitura do projeto da CP, citou um requerimento do próprio advogado que solicitou a abertura da Comissão, e nesta ocasião, o documento consta a não continuidade em relação ao objetivo principal da CP, em que, solicita a cassação do vereador. Diante dos fatos o presidente da Casa de Leis, decidiu-se por acatar a questão de ordem e retirou de pauta o parecer da comissão e determinou o trancamento da presente denúncia.

 

“Eu quero agradecer a Deus em primeiro lugar, pois se estou aqui é graças e ele que me concedeu este lugar. Quero agradecer aos amigos e família, pois cada um esteve comigo em vários momentos. Antes de iniciar a leitura do processo de cassação eu já tinha mencionado a situação da perca dos prazos, mas independentemente da situação quero aqui agradecer também aos colegas vereadores que disseram que votariam ao meu favor. Estamos em uma briga política, em que a situação não é apenas o meu cargo político e sim a minha família e a minha luta contra a corrupção. Pois existem pessoas como o advogado Dr. Claudiomar que está agora atuando para minha ex-mulher e tem tentado de todas as maneiras me atingir. Uma tentativa foi o bloqueio das minhas redes sociais. Quero dizer que não vão conseguir me calar, pois minha luta é pelo bem e contra a corrupção e continuarei trabalhando forte e firme, pois eu tenho Deus e sei que estou no caminho certo”. Descreve Luis Costa.