Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Manifestantes protestam contra a corrupção em MT na véspera do julgamento do habeas corpus de Lula no STF


Os moradores de Tangará da Serra e Sinop, a 242 km e 503 km de Cuiabá, protestaram nesta terça-feira (3) contra a corrupção na véspera do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em Tangará da Serra, os manifestantes se reuniram na Avenida Brasil, na região central da cidade.

Comerciantes fecharam as portas e aderiram ao ato. Eles carregavam faixas e cartazes e gritava palavras de ordem.

Segundo a organização, duas mil pessoas estiveram presente na manifestação. A Polícia Militar não estimou o público presente.

Em Sinop, os manifestantes alertaram que estão de olho na decisão do STF e se reuniram na região central.

O ato foi organizado pela União das Entidades de Sinop, que representa 25 entidades do município. De acordo com a polícia e com os organizadores, 70 pessoas participaram do ato.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso