Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mais de um ano após denúncia de avó, padrasto é preso suspeito de abusar das enteadas


Um homem de 45 anos foi preso nessa quinta-feira (23) pela Polícia Civil, em Cuiabá, suspeito de abusar das duas enteadas. A denúncia havia sido feita pela avó das crianças em novembro de 2016, quando as vítimas tinham 5 e 7 anos de idade.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada pela Justiça após representação feita pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica). O G1 não conseguiu localizar a defesa do padrasto.

De acordo com a denúncia feita pela avó, as crianças viviam com a mãe e o padrasto no Bairro Pedregal. As crianças relataram à avó que o padrasto beijava as duas na boca, as colocava no colo e passava a mão pelo corpo delas.

Segundo a polícia, além dos abusos sexuais, as meninas também eram maltratadas, tendo inclusive registro no Conselho Tutelar.

Após denunciar o caso, a avó afirmou à polícia que estaria recebendo ligações com ameaças de morte por parte do suspeito.

Após a denúncia de abuso, a mãe das crianças perdeu a guarda das filhas, que agora moram com o pai biológico.

Segundo a Deddica, o suspeito deverá ser indiciado dentro de 10 dias.

Fonte: G1 Mato grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso