Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Mais de 200 kg de peixe são apreendidos em residência


A Polícia Ambiental localizou cerca de 230 kg de pescados irregulares dentro de um freezer em uma residência na noite desta quinta-feira (11), no Residencial Dona Fiúca, em Rondonópolis. Os peixes estavam congelados e segundo uma denúncia anônima a casa era usada apenas para o comércio de peixes.

Segundo o diretor da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), na residência não foi encontrado o responsável, os pescados serão encaminhados para casas de caridades filantrópicas de Rondonópolis.

Na casa, haviam redes de pesca e um freezer. As espécies apreendidas foram Cachara, Pacu e Dourado.

Em Mato Grosso, o período proibitivo (piracema) segue até o dia 31 de janeiro. Segundo o Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) a piracema coincide com a estação das chuvas, quando os peixes migratórios se deslocam rumo à cabeceira dos rios, em busca de alimentos e condições adequadas para o desenvolvimento das larvas e dos ovos.

Quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.

Fonte: AgoraMT


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso