Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Ladrões que pretendiam usar filmadora para gravar roubo de R$ 500 mil em banco são presos


Uma quadrilha foi presa na madrugada desta segunda-feira (4) ao tentar roubar uma agência bancária na Avenida Carmindo de Campos, em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas foram presas. Com elas, a polícia encontrou ferramentas e uma filmadora, que seria usada por eles para gravar o assalto.

Segundo a PM, eles conseguiram a informação de que havia cerca de R$ 500 mil no cofre da agência. Todos fazem parte de uma facção criminosa que atua no estado. O líder já foi identificado, mas não foi localizado.

Parte do grupo estava no banco, outros estavam fora monitorando e outros estavam em uma casa no Bairro São Matheus. Todos têm antecedentes criminais e são considerados ‘experientes’ na prática de assaltos.

Antes de irem até o banco, eles quebraram a vidraça de um estabelecimento comercial em outro ponto da cidade para chamar atenção e atrair os policiais.

Um deles entrou pelo teto do banco e desligou o sistema de alarme. Eles viraram as câmeras de monitoramento e se preparavam para começar o assalto.

Ainda conforme a PM, o grupo gravaria o assalto usando a filmadora como forma de ostentação para depois mostrar aos outros integrantes da organização criminosa. Eles disseram à polícia que colocariam a gravação em grupos e redes sociais.

Os policiais descobriram o assalto e conseguiram identificar um dos suspeitos na frente do banco e impediram o roubo. Diversas ferramentas foram apreendidas e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi chamado ao local.

A quadrilha usava um rádio comunicador que estava na frequência da PM, conseguindo assim monitorar onde os policiais estavam.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.