Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Ladrão deixa mensagem de desculpa em parede após assalto: ‘Faço tudo pelo meu filho’


Um ladrão deixou uma mensagem de desculpa na parede de uma residência na zona rural de Araputanga, a 371 km de Cuiabá, após um assalto nesta quarta-feira (30). Ele e mais três assaltantes invadiram a residência e fizeram um casal de sitiantes reféns na propriedade. As vítimas foram encontradas após a prisão de dois, dos quatro suspeitos, no município de Pontes e Lacerda, a 483 km da capital.

“Toda ação tem uma reação. A voçês (sic) pais de família, nossas desculpas. Faço tudo pelo meu filho”, diz o ladrão com uma caneta vermelha na parede. A mensagem é complementada pelo desenho de duas pessoas dentro de um coração.

De acordo com a Polícia Militar, a mensagem foi encontrada depois que dois suspeitos foram presos. Eles foram abordados e não tinham o documento do veículo com placas de Araputanga.

Em diligências no endereço que consta no registro do carro, os policiais encontraram o casal preso em um dos cômodos da casa. Eles contaram que quatro homens invadiram a residência e os fizeram reféns.

Os outros dois suspeitos conseguiram fugir levando uma caminhonete, aparelhos eletrônicos, joias e uma chocadeira elétrica. Antes de fugir, no entanto, os ladrões deixaram a mensagem na parede.

Além da mensagem de desculpas, os assaltantes deixaram outra mensagem: “PM bom é PM morto”. O texto vem acompanhado de um carro da polícia sendo engolido.

Os dois assaltantes presos foram levados a uma delegacia e devem ser ouvidos. A polícia ainda procura os outros suspeitos do crime.

G1


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Mulheres levam 200 kg de droga em porta-malas de carro e são presas


Foram detidas: Simone dos Santos e Vanessa de Oliveira. Uma delas dirigia o veículo onde a droga era levada. A outra agia como batedora na rodovia, avisando sobre barreiras policiais em outro carro.

Duas mulheres foram presas na BR-364 em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, com pouco mais de 200 kg de maconha, na madrugada deste sábado (19). O entorpecente, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) era transportado dentro de bolsas no porta-malas de um carro de passeio.

As prisões ocorreram durante fiscalização de rotina. Foram detidas: Simone dos Santos e Vanessa de Oliveira. O G1 não conseguiu localizar a defesa delas.

Uma delas dirigia o veículo onde a droga era levada e foi abordada. Durante buscas, a droga foi encontrada pelos policiais.

A outra agia como batedora na rodovia, avisando sobre barreiras policiais e foi denunciada pela comparsa.

Um dos carros usados por elas tem placa de Minas Gerais e é alugado. Aos policiais, as presas afirmaram que a droga seria entregue em Várzea Grande.

As duas foram levadas para a Central de Flagrantes e devem ficar à disposição da Justiça.

G1 / MT