Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Ideologia de Gênero é tema de palestra


Da Redação

Inúmeras famílias de Primavera do Leste começaram a se reunir para dialogar sobre a Ideologia de Gênero. A iniciativa se deu por uma mãe, integrante do grupo, que ao ver, que os filhos estavam acessando pela internet, imagens abertas que mostram e ensinam a diversidade sexual para as crianças, desde então, o conceito da família tradicional com valores cristãos, tem sido, a base para o combate da ideologia de gênero.

O assunto é muito amplo, mas segundo as famílias que participam do grupo que defende a pureza das crianças, é necessário chamar atenção da sociedade para ver como essa ideologia está criando raízes dentro das casas, das escolas, e do meio social das crianças.

A reprodução das imagens e vídeos, nas televisões, rádios, filmes, desenhos e internet, têm replicada a idéia de ideologia de gênero. O grupo de famílias, diz que a iniciativa é para esclarecer essa ideologia as pessoas que ainda desconhecem e como famílias cristãs, levar a compreensão de que menina nasce menina e menino nasce menino.

Neste intuito de luta em prol da preservação da imagem e pureza da criança, o grupo realiza neste dia 27 (sábado ) de janeiro, no plenário da Câmara Municipal, a partir das 8h da manhã, um dia de palestra com o procurador da república, Guilherme Schelb, idealizador do Programa Nacional de Prevenção da Violência e Criminalidade Infanto-Juvenil (Programa Proteger).

Pode participar toda a população da cidade. A Palestra será durante todo o dia de sábado. Para ajudar com os custos, o grupo está cobrando R$25 reais pela inscrição individual para quem não precisar de certificado e R$30 reais para quem deseja receber certificado.

As inscrições podem ser feitas na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) que fica no bairro Primavera II, também na Loja de Decoração Salvatori, que fica na Avenida Amazonas, e na Erva Mate Pantaneira, que fica na Avenida Paraná. Informações no telefone (66) 9 9606-9688.

Educação

É importante ressaltar que apesar de ter sido vetado pelo Congresso Nacional e a Presidência da República, as pessoas ainda continuam divulgando Ideologia de Gênero. O grupo de famílias que tem se reunido em Primavera do Leste, está tomando à iniciativa de capacitar as pessoas para se defender juridicamente, para que assim exista a preservação das crianças.

O Ministério da Educação (MEC) está aparelhado com lideranças que apóiam o movimento de Ideologia de Gênero, e diante das circunstâncias, os livros didáticos têm trazido conteúdos mais explícitos sobre o tema para o ensino fundamental. Na tentativa de conter, o prefeito municipal, Leo Bortolin, garantiu ao grupo que irá mandar um projeto de lei – utilizando já o do vereador Luis Costa, sobre ideologia de gênero – com algumas alterações, para que assim a Câmara possa votar e aprovar a lei que retira do ensino de nossa cidade a Ideologia de Gênero.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso