Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem que atuava ilegalmente há 32 anos com venda de próteses dentárias é detido


Um homem que atuava ilegalmente com a criação de próteses dentárias, além de procedimentos dentários em geral, foi detido nessa quarta-feira (3) pela Delegacia Especializada do Consumidor (Decon), em Cuiabá. Segundo a Polícia Civil, ele divulgava o trabalho em redes sociais. Ao ser preso, o falso profissional disse que não tinha formação e que atuava como protético há 32 anos.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito, de 51 anos, foi conduzido até a Decon. Ele responderá a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por exercício ilegal da profissão.

As investigações iniciaram após denúncia do Conselho Regional de Odontologia (CRO) sobre a atuação do suspeito na realização de dentaduras, pontes e consertos em geral, sem a devida formação. O falso protético postava fotos em redes sociais divulgando o trabalho.

Com base na denúncia, os policiais da delegacia encontraram o suspeito, no momento em que ele saia da casa dele no bairro Santa Isabel. O falso profissional possui tornozeleira eletrônica pela mesma infração cometida em Rondônia. Com ele foram encontrados cartões de atendimento em domicílio.

O falso profissional foi interrogado pelo delegado Antônio Carlos de Araújo. À polícia, confessou a infração e deu detalhes de como praticava o atendimento protético e odontológico. Ele alegou que iniciou um curso em prótese dentária, em 1987, no Espírito Santo, mas não chegou a concluir a capacitação e que atua como protético há 32 anos.

O suspeito confirmou que tinha uma clínica em Rondônia, onde realizava cerca de quatro atendimentos por dia. Após 18 anos nessa prática, ele disse que teve que encerrar as atividades em Rondônia após denúncia do CRO daquele estado. Ele contou que vendeu todos os equipamentos de consultório e se mudou para Cuiabá.

Na capital ele trabalhou em um consultório de odontologia como auxiliar de protético e disse que chegou a cursar odontologia, em uma universidade particular, mas teve que desistir do curso por questões financeiras.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Senador Wellington Fagundes recebe vereador Luis Costa em Brasília


Da Redação

Na tarde de ontem (17), o senador Wellington Fagundes (PR) recebeu o vereador Luis Costa (PR) de Primavera do Leste, em Brasília para falar de projetos políticos para o município. Wellington sempre esteve presente em Primavera do Leste com inúmeras emendas destinadas para a saúde, educação e infraestrutura da cidade. Recentemente o senador foi candidato ao governo de Mato Grosso e obteve 280.055 mil votos, sendo o segundo candidato mais votado no estado.

Luis Costa é vereador pelo Partido da República e tem sido uma base política para o senador Wellington. Luis disputou as eleições como candidato a Deputado Estadual, e em Primavera do Leste, foi o candidato a Deputado Estadual mais bem votado. O legislador avalia a parceria e amizade com o senador, muito produtiva e afirma que o município precisa ter mais representantes municipalistas, que destinam emendas para a execução de projetos políticos, garantindo assim os direitos básicos de cada cidadão.

Wellington Fagundes ingressou na política de classe como presidente da Associação Comercial Industrial de Rondonópolis por dois mandatos, 1983 a 1986. Em 1987, assumiu a Secretaria Municipal de Planejamento de Rondonópolis, na gestão de Hermínio J. Barreto. Em 1990, concorreu a uma cadeira na Câmara dos Deputados e foi eleito. Foi reeleito em 1994, 1998, 2002, 2006 e 2010, sendo nessa última o parlamentar mais votado do Mato Grosso, com 145 460 mil votos.

Em seus 24 anos como deputado federal (seis mandatos consecutivos), Wellington Fagundes foi vice-líder do bloco PSDB/PTB em 2001. Em 2004 foi também vice-líder, agora do bloco PL/PSL. Em 2012 foi vice-líder do bloco PR/PTdoB/PRP/PHS/PTC/PSL/PRTB. Desde 2009 ocupa a presidência regional do Partido da República em Mato Grosso. É titular da comissão de Viação e Transportes; da comissão destinada a trabalhar pelo projeto que obriga o Poder Executivo a elaborar e cumprir plano de metas; da comissão que acompanha os desdobramentos da grave situação vivenciada na reserva Suiá-Missú; e também é titular na representação brasileira no Parlamento do Mercosul.

No último pleito, em 2014, Wellington Fagundes foi eleito Senador da República, com 646.344 votos.Como senador, Wellington Fagundes foi vice-líder do Governo e líder do Partido da República. Foi também presidente da Comissão Senado do Futuro – CSF – e é atual coordenador da Frente Parlamentar de Logística de Transportes e Armazenagem (Frenlog). Em 2016 foi o relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que orientou a elaboração do Orçamento da União, com atuação destacada na busca pela elaboração de um Orçamento realista e voltado a otimização dos recursos públicos.