Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Funcionários da Santa Casa fazem protesto em frente a prefeitura de Cuiabá e cobram pagamentos


Funcionários da Santa Casa fazem protesto em frente à Prefeitura de Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Funcionários da Santa Casa fazem protesto em frente à Prefeitura de Cuiabá — Foto: Reprodução/TVCA

Os funcionários da Santa Casa da Misericórdia de Cuiabá se reuniram na manhã desta quarta-feira (19) em frente a Prefeitura de Cuiabá para cobrar rapidez na liberação do pagamento das emendas parlamentares.

Eles usaram faixas e apitos para chamar a atenção da prefeitura para o acerto da dívida. Esta é a quarta greve só este ano que os colaboradores do hospital realizam por falta de pagamentos.

De acordo com o sindicato dos funcionários, a dívida da prefeitura com o hospital é de R$13 milhões.

Sem receber salários desde setembro, os profissionais da Santa Casa estão em greve desde o dia 02 de novembro. A unidade não recebe novos pacientes há mais de dois meses.

O secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho informou que precisa da devolução de alguns documentos que foram apreendidos durante a Operação Sangria, na terça-feira (18).

Ele alegou que, somente com esses documentos será possível concluir a pactuação de serviços com a unidade hospitalar e liberar a emenda de R$ 2,9 milhões.

No entanto, o secretário afirmou ainda que a Santa Casa tem uma dívida de R$ 4,5 milhões com a Secretaria, por serviços que foram pagos ao hospital antecipadamente.

Além disso, destacou que esses recursos provenientes de emendas são específicos para a contratação de novos serviços e não para o pagamento de folha salarial e encargos.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.