Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Empresário é morto a tiros durante baile funk realizado em chácara


Um homem foi assassinado nesse domingo (8) durante um baile funk em uma chácara, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rafael Santi foi morto a tiros. Ainda não se sabe quem teria atirado.

A situação ocorreu por volta de 21h (horário de Mato Grosso).

Rafael estava em um baile em um local conhecido como Chácara das Poderosas. Ele levou um tiro no peito. Imagens divulgadas na internet mostram pessoas tentando reanimar a vítima.

O empresário foi socorrido por amigos, mas morreu no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG). Ele era casado e proprietário de uma loja de equipamentos para carros em Várzea Grande.

O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) recebeu ligações sobre disparos feitos no evento. O caso deve ser investigado pela DHPP.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso