Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Em live, secretário admite que Covid-19 já colapsou toda rede hospitalar de MT


Demonstrando extrema preocupação, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, acaba de confirmar, em live sobre a escalada da Covid-19, que rede hospitalar de Mato Grosso colapsou, a exemplo de outros estados, onde a situação é drástica. “É uma questão de horas, talvez dias”, disse.

Explica que, como o crescimento de casos graves (que precisam de UTI) está muito acelerado, já é possível afirmar que a rede estrangulou.  Avisa que, muito em breve, não vai adiantar solicitar regulação de pacientes do interior para as unidades da Região Metropolitana. “Não há como regular, não adianta transferir pacientes se não vai ter leito”. Assim, segundo ele, essas pessoas ficarão nas cidades de origem e vão receber o “atendimento possível”.

Ele detalha que, desde ontem (8), a Santa Casa, na Capital e o Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, estão “lotados”, sem capacidade para receber pacientes. Em caráter de urgência, pede a imediata a liberação de 30 UTIs do Hospital São Bendito, para amenizar o quadro, promessa feita pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). A prefeitura, por sua vez, garante que eles estão à disposição.

Na live, Gilberto relatou ainda que há prefeitos implorando por respirador, mas não tem como atendê-los. O secretário também critica a postura de gestores municipais que ficaram esperando apenas a atuação do Estado. Explica que cidades como Rondonópolis, Cuiabá e Tangará chegaram a cadastrar leitos no plano de combate ao Covid-19, mas que depois eles não se concretizaram.

Além disso, criticou a inércia dos prefeitos de Cáceres, Sinop e Sorriso, onde prefeitos não criaram nenhum leito ou contraram junto à rede privada.

Medidas

Para tentar amenizar a situação, Gilberto garante que o Estado tem buscado alternativas para ampliar número de leitos, mas que esbarra na dificuldade de aquisição de equipamentos e também no fato do ministério da Saúde estar requisitando aparelhos, já comprados, para outros Estados. Cita como exemplo 50 respiradores que estão “barrados”.

Ele revela que o ministério se comprometeu em liberar os equipamentos que serão transformados em mais 50 UTIs, assim que chegarem a Mato Grosso.

O secretário diz esperar também que os gestores municipais, onde a situação está grave, tomem medidas imediatamente.

Informações RD News. 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Vereador Luis Costa solicita e indica a aquisição de objetos para auxiliar o Corpo de Bombeiros no combate ao fogo


Da Redação

Na semana passada o vereador Luis Costa (PDT), esteve na região dos assentamentos Nova Poxoreú, acompanhando o Corpo de Bombeiros em relação as queimadas nos campos e terrenos próximos. A situação das queimadas tem prejudicado muito a população de Primavera do Leste, e todo o estado de Mato Grosso, porém o número de homens para combater incêndio é pequeno e também a quantidade de materiais para utilizar nas ações de combate são poucos.

Diante da situação Luis Costa, fez um ofício a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em nome do senhor presidente Naudi Rohr, que também atua a frente do conselho de segurança pública da cidade, para que realize uma parceria com o Corpo de Bombeiros, outras instituições e Prefeitura Municipal, para a aquisição de sopradores, bombas, mochilas, costais e pinga fogo. Esses objetos ajudarão aos bombeiros e brigadistas, a combater os incêndios com agilidade, pois são materiais indispensáveis.

“Fui pessoalmente na CDL e expliquei a situação para o senhor Naudi, que demostrou de forma positiva a necessidade de realizar a parceria e adquirir esses objetos. Eu estive por várias vezes junto com os bombeiros e vi o quanto o trabalho é difícil, mas com recursos destes objetos ajudará a desenvolver mais rápido o combate. Também na semana passada, indiquei ao executivo em forma de parceria que seja instituída em nossa cidade a Brigada de Incêndio, que poderá realizar um trabalho preventivo para os próximos anos em relação ao período de queimadas”. Aponta o vereador Luis Costa.

Além de oficializar a CDL, Luis Costa fez a indicação ao executivo, para as secretarias de meio ambiente e administração, para que desta forma possam realizar a parceria com o Corpo de Bombeiros e ajudar no que for necessário para combater esse período crítico que é das queimadas em nossa cidade.