Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Cuiabá tem ato em homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada no Rio


Militantes do PSOL e representantes de movimentos organizados participam, nesta quinta-feira (15), de um ato simbólico na Praça da República, no Centro de Cuiabá, em homenagem à vereadora do partido, Marielle Franco, assassinada no Centro do Rio de Janeiro na quarta-feira (14). O motorista Anderson Pedro Gomes, que dirigia o carro em que a parlamentar estava, também foi assassinado.

A Polícia Militar não acompanha o ato e os organizadores não deram estimativa de público.

O ato teve início às 18 horas [19horas no horário de Brasília] e, no local, dezenas de pessoas cantaram a música “O Bêbado e a Equilibrista”, interpretada pela cantora Elis Regina, canção símbolo da resistência na época da Ditadura Militar.

O movimento conta com leitura de poesias e declamação de letras de músicas e os participantes pedem justiça, carregando cartazes que dizem “Marielle segue viva em luta” e “nenhuma vida a menos”.

“Estamos aqui para deixar claro que as mortes da Marielle e do Anderson não serão esquecidas. Nos incomodamos com o rumo que o nosso país está tomando. Estamos aqui também para lutar contra o extermínio do povo negro e da democracia”, disse Nayana Marinho, militante do PSOL.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso