Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra

Como seguir em frente depois de ser enganado


Leia  esse artigo e aprenda a ver o que fazer nessa situação

Ser enganado pode deixar um impacto duradouro muito mais difícil do que simplesmente terminar com alguém. Você passa tanto tempo conhecendo alguém em um relacionamento, você se aproxima e forma um vínculo, então você descobre que essa pessoa esteve com outra pessoa. Depois de passar por uma traição como essa, o que você pode fazer para superar isso?

Aqui estão algumas dicas que você pode aplicar para este momento difícil:

Decida se isso é algo que vocês dois podem superar na relação.

Nunca é uma decisão fácil escolher ficar ou deixar o relacionamento. Alguns acreditam no ditado: “Uma vez infiel, sempre infiel.” Mas se seu coração lhe diz que essa relação vale a pena ser salva, então pode haver algum valor em dar a essa pessoa outra chance. O que você decidir, certifique-se de ter tempo para si mesmo e pensar sobre o que você realmente quer. Perdoar e continuar com alguém muito rápido depois de desrespeitar a relação não é saudável.

Vá em frente, e desabafar sobre isso.

Desabafar é uma ótima maneira de expressar seus sentimentos. Fale com alguém próximo a você sobre o que deu errado e como você está se sentindo. Você também pode achar útil ir a um conselheiro para ajudá-lo a processar o que você está passando.

Há uma ressalva quando se trata de desabafar, no entanto. Não deixe isso continuar por muito tempo. Use-o como uma maneira de dar voz aos sentimentos que você precisa para sair. Providencie para ter uma enorme “festa da piedade” com um bom amigo onde você completamente solta ir e não segure nada. Ria, chore e tire isso do seu sistema.

Então comece a seguir em frente com sua vida. Não dê a esse infiel mais energia do que precisa. Isso não significa que você não pode expressar qualquer sentimento sobre tudo isso depois disso; mas cuidado em cair no modo vítima.

Se você é uma mulher que foi traída, ou uma mulher presa num relacionamento sem amor, e que tem vontade de explorar outras coisas no mundo afora, não pense que o mundo não tem outras soluções melhores para você.  É bem comum mulheres se envolverem com homens mais velhos, após vivenciar várias desilusões amorosas, e desempenharem o papel de oisecret, por que não?

Então, por exemplo, você poderia dizer a alguém que você está se sentindo triste sobre todo o tempo que foi gasto nesse relacionamento, mas não usá-lo como uma desculpa para lançar em um discurso sobre como ele ou ela partiu seu coração pela 50ª vez. Fale sobre isso e diga como se sente, mas não deixe que isso pese sua mente ou coração.

Evite o jogo da culpa.

Não ajuda a situação colocar a culpa em si mesmo ou na pessoa com quem seu parceiro traiu. Nenhuma situação muda o fato de que você é o único que se sente traído.

O que traiu estava errado.

Há maneiras saudáveis de refletir sobre o relacionamento e assumir a responsabilidade. Aqui estão algumas perguntas a considerar: Havia algum sinal de que você pode ter olhado para o passado? Conhece seu parceiro, assim como acha que conhece? Um encerramento presencial relaxaria ou faria sua mente vagar mais? Há coisas que você precisa saber e entender sobre o relacionamento?

Tire um tempo para mergulhar fundo na relação de outra perspectiva. Evite encontrar respostas para perguntas como: O que essa pessoa tinha que eu não tinha? Por que meu parceiro não me disse o que ele ou ela sentia por mim? Por que não consegui que meu parceiro fosse fiel a mim? Por que essa pessoa se passaram pelo nosso relacionamento?” Essas perguntas não vão ajudá-lo a curar, eles só serão um lembrete da dor que você está passando.

Ser enganado é uma experiência horrível, mas não precisa definir você ou mesmo seu relacionamento. Deixe-se sentir a dor do momento em que está, mas não deixe que isso tome conta de sua vida. Não importa o que você decida, você vai passar por isso e para coisas maiores.


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Vereador Luis Costa solicita e indica a aquisição de objetos para auxiliar o Corpo de Bombeiros no combate ao fogo


Da Redação

Na semana passada o vereador Luis Costa (PDT), esteve na região dos assentamentos Nova Poxoreú, acompanhando o Corpo de Bombeiros em relação as queimadas nos campos e terrenos próximos. A situação das queimadas tem prejudicado muito a população de Primavera do Leste, e todo o estado de Mato Grosso, porém o número de homens para combater incêndio é pequeno e também a quantidade de materiais para utilizar nas ações de combate são poucos.

Diante da situação Luis Costa, fez um ofício a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em nome do senhor presidente Naudi Rohr, que também atua a frente do conselho de segurança pública da cidade, para que realize uma parceria com o Corpo de Bombeiros, outras instituições e Prefeitura Municipal, para a aquisição de sopradores, bombas, mochilas, costais e pinga fogo. Esses objetos ajudarão aos bombeiros e brigadistas, a combater os incêndios com agilidade, pois são materiais indispensáveis.

“Fui pessoalmente na CDL e expliquei a situação para o senhor Naudi, que demostrou de forma positiva a necessidade de realizar a parceria e adquirir esses objetos. Eu estive por várias vezes junto com os bombeiros e vi o quanto o trabalho é difícil, mas com recursos destes objetos ajudará a desenvolver mais rápido o combate. Também na semana passada, indiquei ao executivo em forma de parceria que seja instituída em nossa cidade a Brigada de Incêndio, que poderá realizar um trabalho preventivo para os próximos anos em relação ao período de queimadas”. Aponta o vereador Luis Costa.

Além de oficializar a CDL, Luis Costa fez a indicação ao executivo, para as secretarias de meio ambiente e administração, para que desta forma possam realizar a parceria com o Corpo de Bombeiros e ajudar no que for necessário para combater esse período crítico que é das queimadas em nossa cidade.