Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra - Opinião

Com A Palavra: Fake News primaverense parte 2


Como a escolha de uma mesa diretora leva pessoas ao ridículo e ataques orquestrados na tentativa de influenciar na escolha

 

Há a política e suas maldades, a política de Primavera do Leste e seus possíveis candidatos para 2020, tentam a todo custo potencializar suas possíveis candidaturas com ataques orquestrados aos vereadores, insinuando a todo tempo que os mesmo atuam fora da lei que rege todos agentes públicos.

Durante este ano teve ataque com abóboras http://jpmt.com.br/aboboras-lorotas-e-politicagem/   indo à fake news e chegando ao absurdo de ataque a familiares.

Na escolha da mesa diretora para biênio 2019/2020 a pressão feita por grupos políticos tentaram de todas as formas mandarem no voto de alguns vereadores, tentando fazer a mesa com interesses sei lá qual. Mais foi tenso falo por fazer parte do processo de escolha, pois a briga para mesa ficar de acordo com interesses de algumas pessoas foi pesada.

Pessoas que chamam o atual prefeito de “patrão” tentaram com todo tipo de insinuação deixar a mesa de forma amiga do prefeito, fato não aceito pelos vereadores que prepararam uma chapa com a participação da maioria dos vereadores sem deixar a interferência externa na escolha dos membros ou o presidente. Ligações telefônicas na hora da votação de um mecânico da cidade que destila ataques inverídicos contra os vereadores que se opõem algumas decisões do executivo comprovam o interesse na escolha do presidente. Veja vídeo onde o  Cidadão simula pagamento de propina para vereadores. (Camaro responderá ação proposta por cada vereador citado por ele)

Ligações provam o interesse em manipular os votos para o candidato de preferência do grupo no qual Camaro faz parte. Ouça áudios

 

Na politicagem é comum pessoas manterem seus seguidores para espalharem mentiras contra o político que vai contra interesses de grupo.

Exemplo, possivelmente o cidadão Camaro recebe informações de pessoas com conhecimentos, tipo advogados, ex-políticos do município e empresários com interesses na gestão, deixo claro que é só um exemplo, porém vale ressaltar que todo ataque sofrido a instituição Câmara de Primavera do Leste, desde a investigação contra o ex-vereador Josafá Martins, é fora do comum, toda retaliação sofrida por não fazerem a vontade de pessoas com interesses na gestão é visível.

Primavera do Leste tem uma arrecadação de milhões de reais por ano, papel do vereador é fiscalizar os gastos e aprovar as contas dos gastos do prefeito, com isso desperta os prós e os contras. Contra 15 vereadores existem uma fila enorme de quem perdeu eleição e partes destes inconformados, e parte destes  com dor de cotovelo, são levados por alguns “intelectuais” articuladores da política primaverense a destilar o ódio com mentiras e ataques covardes.

A política nacional e estadual deu certo para alguns aproveitadores da ingenuidade de parte do povo e conseguiram se eleger, mentindo, difamando, usando recursos para patrocinar vídeos mentindo contra políticos, mas isso é contra todos, e quando chegam   ao poder provam o contrario, a política das falácias sem proposta de verdade para ajudar de fato o povo, alguns dos integrantes das gangues virtuais nem sabe qual a função de um parlamentar.

Um dos principais soldados da gangue virtual ou fake news primaverense tem sido o senhor Camaro, ele já responde diversas ações por difamação, calunia ameaça, contra minha pessoa os ataques que mais senti foi contra meu filho que foi ameaçado de ser abordado por ele na porta da escola onde estuda e o ataque ao meu pai, Sr. Alberto aposentado com um salário no cargo de vigia, e para complementar a renda e usando um dom passado pelo meus avós, meu pai busca no cerrado ervas e vende remédios naturais na feira livre e no bairro São José,  teve em um dos ataques para atingir o vereador Luis Costa  a denominação de “João de Deus” do São José, bairro no qual mora. Camaro responderá mais esta acusação na justiça.

Na luta da política do bem contra a politicagem maldosa, cada dia fica mais difícil em Primavera do Leste, alguns insistem que esta cidade tem dono, ou acham que vivemos no coronelismo onde partes dos eleitos democraticamente não servem, tudo e qualquer ação é reprovada por maldosos de plantão.

Que a mesa diretora eleita na qual eu faço parte continuamos com nosso trabalho em prol do nosso povo sem brigas políticas, mas sim com ética e responsabilidade. E quem perdeu? É vida que segue, pois faz parte da vida, não podemos perder a essência de ser humanos criados por Deus para uma missão determinada que seja fazer o melhor pela população.

Com A Palavra / Luis Costa


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.