Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Celular pega fogo enquanto carregava e destrói casa


Uma casa ficou parcialmente destruída depois que um celular que estava carregando sobre o sofá explodiu e pegou fogo, em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, na sexta-feira (16).

A família contou que acordou com o barulho da explosão e que foi tudo muito rápido. Em instantes, sofá, cortina e forro estavam em chamas.

“A primeira coisa que fiz quando vi o fogo foi tirar a minha filha da casa, enquanto o meu padastro tentava apagar as chamas”, lembrou a auxiliar administrativo, Amanda Nascimento.

Os vidros da janela também foram atingidos e estouraram. O celular ficou completamente destruído e a parte do sofá em que o aparelho estava também ficou danificada.

O dono da casa conseguiu apagar o incêndio e ninguém se feriu. Mas, o Corpo de Bombeiros alerta que nessas situações é preciso chamar o socorro antes que algo mais grave aconteça.

O engenheiro eletricista Joel Mark de Oliveira esteve no local e apontou as possíveis causas do acidente.

“Nunca se deve deixar o celular carregando próximo a produtos e objetos inflamáveis, como superfície de espuma, papel, pluma, porque o celular esquente e chance de que pegue fogo é muito maior”, explicou.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso