Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade - geral

Campina Grande abre mão do carnaval e realiza maior evento evangélico do país


O Encontro para Consciência Cristã, maior evento evangélico do gênero no Brasil, se prepara para mais uma edição em 2019, com tema “A Prioridade do Reino”. O evento é gratuito e acontecerá de 28 de fevereiro a 5 de março no Parque do Povo. Pessoas de mais de 600 cidades brasileiras e mais de 60% das cidades da Paraíba já se inscreveram para participar nesta edição da Consciência Cristã. A expectativa é que o público aumente 20% em relação ao evento anterior.

Ao contrário do que muitos oferecem no carnaval, a Consciência Cristã não promove festas ou blocos. A atração principal são os estudos, palestras e workshops sobre teologia, filosofia, defesa da fé cristã, sociedade, depressão, ciência e muito mais. Com 20 anos de história, o evento já é tradição entre o público evangélico que abre mão das festas por um alimento espiritual.

O evento é organizado pela Visão Nacional para Consciência Cristã (VINACC), entidade composta por líderes cristãos evangélicos de diferentes denominações. A organização tem como pilares “exaltação de Cristo, defesa da fé cristã, propagação do Evangelho, edificação da Igreja e serviço ao próximo”.

Maior evento evangélico do Brasil

A Consciência Cristã atrai cerca de 100 mil pessoas por ano, representando mais de 600 cidades dos 27 estados brasileiros.

Segundo o diretor do Instituto de Pesquisa 6Sigma , Dr. professor Pedro César, o impacto financeiro gerado pela Consciência Cristã é proporcionalmente o mesmo impacto proporcionado pelo Maior São João do Mundo, realizado na cidade durante o mês de junho.

O 6Sigma também aferiu que mais de 80% da população de Campina Grande, considera eventos como a Consciência Cristã como sendo importantes ou muito importantes para a cidade.

Durante o período do carnaval, mais de 80% do impacto econômico gerado na cidade é proporcionado pelos participantes da Consciência Cristã, segundo o mesmo instituto.

A edição de 2019 tem como tema “A Prioridade do Reino” e contará com a presença de grandes expoentes da fé cristã. John Piper, Augustus Nicodemus, Hernandes Dias Lopes e Luiz Sayão são alguns dos mais de 30 preletores que realizarão mais de 100 palestras, estudos e workshops durante os 6 dias de evento.

Programação da Consciência Cristã 2019

Por ser um evento gratuito, a Consciência Cristã consegue atrair um público diversificado, de diversas classes sociais e faixas etárias.

Dentro do evento, são realizadas atividades paralelas para crianças, adolescentes, jovens, pastores, mulheres e temáticas específicas relevantes para a fé cristã como: Ciências Bíblicas, Depressão à luz das Escrituras, Propósito Pessoal, Direito Religioso, Dependência Química, Consciência Missionária, Família, Política, Cosmovisão Cristã, Apologética e Movimentos Religiosos.

A edição 2019 “A Prioridade do Reino” contará ainda com cursos especializados sobre Arqueologia Bíblica, Design Inteligente, Aconselhamento Bíblico, Revitalização e Plantação de Igrejas e Entendendo o Islamismo. Esses cursos serão ministrados por autoridades na área e possuem taxa matrícula e emissão de certificado.

programação completa do evento já foi divulgada e pode ser acessada no site da Consciência Cristã.

Encontro para Consciência Cristã

Data: 28 de fevereiro a 5 de março de 2019

Local: Parque do povo – Campina Grande (PB)

Valor: Gratuito

Inscrições abertas no site https://conscienciacrista.org.br/encontro

Website: https://conscienciacrista.org.br/encontro

Veja


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereadores ouvem reivindicações de trabalhadores contra a empresa CityBus


Luis Costa prepara pedido de CPI para investigar a empresa

Da Redação

A comunidade tem reclamado das condições de uso do transporte coletivo de Primavera do Leste, e desde o ano passado o vereador Luis Costa (PR) começou a levantar dados necessários para investigar a situação. Em novembro o legislador acompanhou o trajeto do bairro Primavera 3 até o centro, e viu que a situação não é nada boa, pois existe a super lotação. Diante desta perspectiva e das reclamações que vem chegando ao gabinete do vereador e também a Casa de Leis, Luis Costa sugere que se instaure uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa CityBus.

E no dia de ontem (20), o legislador, juntamente com os colegas Carlos Venâncio (PSD) e Carmem Betti Borges (PSC), participaram da assembléia geral dos trabalhadores da Granja Mantiqueira e na oportunidade, ouviram os trabalhadores de Primavera do Leste e os que moram em Poxoréu, sobre as condições do transporte coletivo. A empresa Granja Mantiqueira fornece apenas o valor do transporte coletivo aos trabalhadores, não tendo assim nenhuma ligação com a empresa CityBus.

“Temos apenas uma empresa de transporte coletivo em nossa cidade que é a CityBus, e sabemos que a cidade talvez não tenha um número expressivo de habitantes que precise para ter uma outra empresa, sendo assim, a empresa que ganhou a licitação tem que cumprir com o contrato e fornecer um serviço de qualidade aos usuários”. Informa o legislador.

Segundo relatos de passageiros do município, os ônibus têm chegado com atraso nos pontos, tem circulado na cidade com super lotação, também alguns não têm as adequações necessárias para transportar passageiros e a empresa não dispõe de uma ouvidoria. Já os passageiros que vem da cidade de Poxoréu para trabalhar em Primavera do Leste, reclamaram do atraso em relação aos horários, já que muitos usuários precisam chegar a seus empregos nos horários.  Ainda alguns motoristas estão rodando em alta velocidade. Outro ponto citado é a falta de estrutura do ônibus que faz essa linha intermunicipal, em que, não possui cinto de segurança, estão super lotados e estragando no meio da estrada com muita freqüência.

“Já solicitei a prefeitura o contrato entre a empresa e o executivo para investigar o cumprimento, também estou juntando todas as reclamações, e irei, com outros colegas vereadores até a Coordenação Municipal de Trânsito e Transportes Urbano (CMTU) da cidade para verificar a situação das vistorias. Ressalto ainda que iremos falar com a Ager, órgão que fiscaliza as linhas intermunicipais para saber quais os padrões para transportar passageiros e iremos exigir os tacógrafos, como forma de acompanhar o bom andamento do serviço prestado”. Conclui Luis Costa.