Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

geral

Bebê de oito meses morre eletrocutada após criança jogar linha com pedra em fio de alta tensão


Uma bebê de apenas oito meses, identificada como Ana Helisa Home de Souza, morreu eletrocutada, no último domingo (26), após criança jogar uma linha com pega na fiação elétrica da rua e causar o rompimento de um cabo de alta tensão, que caiu sobre algumas pessoas que estavam na calçada, no bairro Vila Olinda II, em Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá).

Conforme as informações repassas à Polícia Judiciária Civil, uma criança jogou uma linha amarrada com uma pedra em um fio de alta tensão, que ocasionou um curto circuito. Na sequência, o fio rompeu e caiu sobre a bebê e seus familiares, que estavam na calçada, em frente a uma residência.

Ao todo, pelo menos cinco pessoas foram atingidas e se feriram. Unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e uma das equipes constatou o óbito da bebê, de apenas oito meses.

As outras vítimas foram encaminhadas para atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), conforme o Corpo de Bombeiros. O corpo da menor foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Olhar Direto


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Risco de pegar covid-19 em Primavera é 45% maior que em Cuiabá


Apesar do maior número de casos, o risco de pegar covid-19 em Primavera do Leste (231 km ao Sul da Capital) e 45% maior que em Cuiabá. O GD analisou os dados do boletim de 1º de junho, comparando os casos confirmados nos 15 maiores municípios de Mato Grosso.

Fazem parte dessa análise Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Cáceres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Barra do Garças, Primavera do Leste, Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Campo Verde e Juína.

Enquanto na Capital ocorre um caso a cada 770,4 habitantes, em Primavera do Leste acontece um caso a cada 530 moradores. Para se ter uma ideia, Primavera do Leste é o 10º maior município do estado, com uma população de 62.019 moradores, seguindo estimativa do IBGE para 2019.

Em terceiro lugar no ranking de maior taxa de incidência do novo coronavírus está Barra do Garças (509 km a leste), com um diagnóstico positivo para cada 774,7 habitantes. A cidade é a nona mais populosa do estado, com 56.560 moradores.

Logo em seguida vem Lucas do Rio Verde (354 km ao norte), com um caso a cada 862,2 habitantes. O município é o oitavo com maior população em Mato Grosso, que segundo o IBGE é de 65.534 moradores.

Sem contar as mortes ocorridas por covid-19, apenas na comparação da chance de se pegar a doença, o risco de transmissão do novo coronavírus é muito maior em Primavera do Leste, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra (1 a cada 918,1 habitantes) do que em Várzea Grande, que está na região metropolitana e tem um caso a cada 1.108 moradores.

Em Mato Grosso, a taxa de incidência da covid-19 era de um caso a cada 1.321 habitantes. No primeiro de dia de junho havia 2.636 diagnósticos positivos, para uma população de 3,4 milhões de habitantes.

Fonte: Gazeta Digital