Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Bairro Padre Onesto Costa recebe unidade de saúde construída com economia do Legislativo


O aniversário de Primavera do Leste foi marcado pelo sentimento cívico de amor ao município; que nasceu de um sonho e trabalho de muitas pessoas e se transformou em um solo fértil e de oportunidades. A programação do cronograma de comemoração aos 33 anos, que começou em abril, contou com uma série de atividades culturais, inauguração de praça, unidade de saúde e clínica da Mulher. Nesta segunda-feira (13), data em que marca a emancipação do município, realizada em 1986, os vereadores da Câmara Municipal participaram do desfile cívico, da inauguração da Estratégia Saúde da Família, do bairro Padre Onesto Costa e das atividades culturais.

Durante o pronunciamento das autoridades, o presidente da Câmara, Paulo Márcio (DEM), destacou a importância do município no cenário econômico do estado e parabenizou os desbravadores por vencer os desafios e acreditar na potência. “Primavera do Leste se destaca pelo desenvolvimento pujante e, tenho certeza, que continuará atraindo pessoas, investimentos e proporcionando qualidade de vida a população”.

O governador Mauro Mendes (DEM), salientou que o município é um exemplo a ser mostrado para o Brasil e outros países. “Assim como outras cidades mato-grossenses, tem uma excelente qualidade de vida e infraestrutura urbanística bastante desenvolvida. Não tenho dúvida de que o círculo virtuoso de crescimento continuará pelos próximos anos”, concluiu o governador.

Para o prefeito Leonardo Bortolin (MDB), um dos fatores que tem possibilitado a construção de ações efetivas para a população, é relação harmônica com os poderes e o olhar coletivo. “Mesmo com a independência, o foco do bem comum e harmonia, tem possibilitado a construção de um trabalho significativo. A Câmara Municipal tem contribuído e participado ativamente do processo de melhoria na saúde, educação e geração de emprego e renda”.

Ele ainda lembrou, durante a solenidade de inauguração da unidade de saúde, do Padre Onesto Costa, com a entrega de 23 cadeiras de rodas e 11 de banho, da devolução da economia realizada pelo Poder Legislativo. “Quando assumi a gestão, havia cinco obras de unidade de saúde paralisadas. Conseguimos inaugurar quatro e, isso se deve também, a devolução do dinheiro realizada pelo Poder Legislativo aos cofres públicos, em que parte do recurso foi utilizada para retomada dessas obras”, afirmou.

Inauguração da Clínica da Mulher

Uma das bandeiras defendida pelo parlamento da Câmara e, principalmente, pela bancada feminina, é a melhoria do serviço de saúde para mulheres. Isso se efetivou, com a inauguração da Clínica da Mulher, realizada nesta última sexta-feira (10). O local oferecerá serviços de mamografia, Raio X, pediatria, obstetrícia e ginecologia.

Assessoria


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Região

Risco de pegar covid-19 em Primavera é 45% maior que em Cuiabá


Apesar do maior número de casos, o risco de pegar covid-19 em Primavera do Leste (231 km ao Sul da Capital) e 45% maior que em Cuiabá. O GD analisou os dados do boletim de 1º de junho, comparando os casos confirmados nos 15 maiores municípios de Mato Grosso.

Fazem parte dessa análise Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Cáceres, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Barra do Garças, Primavera do Leste, Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Nova Mutum, Campo Verde e Juína.

Enquanto na Capital ocorre um caso a cada 770,4 habitantes, em Primavera do Leste acontece um caso a cada 530 moradores. Para se ter uma ideia, Primavera do Leste é o 10º maior município do estado, com uma população de 62.019 moradores, seguindo estimativa do IBGE para 2019.

Em terceiro lugar no ranking de maior taxa de incidência do novo coronavírus está Barra do Garças (509 km a leste), com um diagnóstico positivo para cada 774,7 habitantes. A cidade é a nona mais populosa do estado, com 56.560 moradores.

Logo em seguida vem Lucas do Rio Verde (354 km ao norte), com um caso a cada 862,2 habitantes. O município é o oitavo com maior população em Mato Grosso, que segundo o IBGE é de 65.534 moradores.

Sem contar as mortes ocorridas por covid-19, apenas na comparação da chance de se pegar a doença, o risco de transmissão do novo coronavírus é muito maior em Primavera do Leste, Barra do Garças, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra (1 a cada 918,1 habitantes) do que em Várzea Grande, que está na região metropolitana e tem um caso a cada 1.108 moradores.

Em Mato Grosso, a taxa de incidência da covid-19 era de um caso a cada 1.321 habitantes. No primeiro de dia de junho havia 2.636 diagnósticos positivos, para uma população de 3,4 milhões de habitantes.

Fonte: Gazeta Digital