Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

Avô morre de Covid e família faz vaquinha para pagar R$ 188 mil em hospital


Uma família de Paranatinga (a 373 km de Cuiabá) vive o drama de, além de perder um familiar para a Covid-19, pagar uma dívida R$ 188 mil pelo custo da internação em UTI. Sem plano de saúde, a família recorreu a internação particular para tentar salvar a vida de José Ferreira Nascimento, de 86 anos, que não resistiu e veio a óbito no último sábado (19), depois de 19 dias internado no Hospital Unimed de Rondonópolis. Eles pedem ajuda em uma vaquinha virtual – clique aqui.

A dívida era para ter sido paga nesta terça (21), conta a neta de José, Thais Alves Borges, de 27 anos. Na manhã desta quarta (22), os familiares conseguiram adiantar o pagamento de R$ 20 mil, que foi arrecadado entre amigos e parentes. “Tinhamos que pagar pelo menos uma entrada por que eles estavam cobrando”, disse.

Com esse adiantamento, o Hospital Unimed deu um prazo de 15 dias a família para pagar o restante da dívida.

Thais explica que, após o quadro do avô piorar, eles procuraram ajuda médica, mas não havia leitos de UTI na cidade. O próprio secretário municipal de Saúde de Paranatinga disse que não havia vagas e que saída poderia ser a internação particular. Eles chegaram a voltar para casa, porém, com uma nova piora do idoso, eles o levaram até o Hospital Unimed de Rondonópolis, onde havia vaga.

“A gente teve que levar para [hospital particular para] salvar a vida dele. Não tinha outro jeito. Se fosser esperar pelo SUS, teria morrido assim que teria dado entrada. Não esperávamos que o valor chegasse a tudo isso”, conta Thais.

Depois de mais duas semanas, pouco antes de José vir a óbito, a Unimed já notificou os familiares da dívida – R$ 134 mil pelo custo da internação. Após 19 dias de UTI, o idoso não resistiu e veio a óbito no último sábado (19). A dívida foi atualizada para R$ 188 mil, mas a família “não tem condições de pagar tudo isso”.

Uma prima chegou a fazer uma vaquinha na internet. Até o momento foram arrecadados, pouco mais de R$ 9 mil. Thais também conta que recorre a ajuda por todos os lados. Já buscou a Prefeitura de Paranatinga, mas não teve resposta até o momento. Enquanto isso, a família vê outras formas de arrecadar o montante.

Fonte: RD News / Allan Pereira


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

cidade

Vereador Luis Costa solicita e indica a aquisição de objetos para auxiliar o Corpo de Bombeiros no combate ao fogo


Da Redação

Na semana passada o vereador Luis Costa (PDT), esteve na região dos assentamentos Nova Poxoreú, acompanhando o Corpo de Bombeiros em relação as queimadas nos campos e terrenos próximos. A situação das queimadas tem prejudicado muito a população de Primavera do Leste, e todo o estado de Mato Grosso, porém o número de homens para combater incêndio é pequeno e também a quantidade de materiais para utilizar nas ações de combate são poucos.

Diante da situação Luis Costa, fez um ofício a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em nome do senhor presidente Naudi Rohr, que também atua a frente do conselho de segurança pública da cidade, para que realize uma parceria com o Corpo de Bombeiros, outras instituições e Prefeitura Municipal, para a aquisição de sopradores, bombas, mochilas, costais e pinga fogo. Esses objetos ajudarão aos bombeiros e brigadistas, a combater os incêndios com agilidade, pois são materiais indispensáveis.

“Fui pessoalmente na CDL e expliquei a situação para o senhor Naudi, que demostrou de forma positiva a necessidade de realizar a parceria e adquirir esses objetos. Eu estive por várias vezes junto com os bombeiros e vi o quanto o trabalho é difícil, mas com recursos destes objetos ajudará a desenvolver mais rápido o combate. Também na semana passada, indiquei ao executivo em forma de parceria que seja instituída em nossa cidade a Brigada de Incêndio, que poderá realizar um trabalho preventivo para os próximos anos em relação ao período de queimadas”. Aponta o vereador Luis Costa.

Além de oficializar a CDL, Luis Costa fez a indicação ao executivo, para as secretarias de meio ambiente e administração, para que desta forma possam realizar a parceria com o Corpo de Bombeiros e ajudar no que for necessário para combater esse período crítico que é das queimadas em nossa cidade.