Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Assaltantes invadem fazenda de desembargador e fazem o filho dele e funcionário reféns


Uma fazenda localizada em Poconé, a 104 km de Cuiabá, foi invadida por assaltantes na noite de terça-feira (13), segundo a Polícia Civil do município.

O imóvel pertence ao desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Adilson Polegato, que não estava no local no momento do roubo. O G1 não localizou o magistrado para que pudesse comentar o caso.

A Polícia Civil informou que os dois criminosos fizeram quatro pessoas reféns, entre elas o filho do magistrado.

Segundo o delegado Hércules Batista Gonçalves, que investiga o crime, os assaltantes estavam armados e encapuzados. Eles fizeram reféns o caseiro, a mulher e o filho dele, e o filho do desembargador.

Eles levaram da fazenda uma caminhonete e um carro de passeio. A caminhonete já foi recuperada.

Os suspeitos ainda não foram encontrados. O caso está sendo investigado pela delegacia de Poconé.

Fonte: G1 Mato Grosso


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso