Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

A Palavra - geral

Ao anunciar novo corte de impostos, Trump é criticado por iniciar reunião com oração


Uma reunião do alto escalão do governo dos Estados Unidos foi iniciada com uma oração, a pedido do presidente Donald Trump, e essa atitude está sendo amplamente criticada pela imprensa norte-americana.

Na última quarta-feira, 20 de dezembro, o presidente reuniu os principais membros de seu governo para uma reunião em que anunciaria uma grande vitória junto ao Congresso, com mais cortes de impostos aprovados no orçamento do país em 2018 visando o aquecimento da economia e geração de empregos.

Dentre os presentes, estava o Dr. Ben Carson, que concorreu pela indicação do Partido Republicano com o próprio Trump, e agora tornou-se um de secretários.

Antes da oração, Trump provocou os repórteres que cobriam a reunião de governo: “Vocês precisam mais de oração do que eu. Talvez, vocês sejam os únicos [que realmente precisam]. Talvez uma boa e sólida oração faça vocês serem mais honestos”, afirmou o presidente, fazendo alusão à difusão de “fake news“, informações falsas ou distorcidas a seu respeito pela grande mídia.

A provocação foi seguida por uma iniciativa de Carson, que iniciou sua oração agradecendo a Deus pela postura corajosa de Trump, e pediu que o “crescimento da economia” dos Estados Unidos fosse mantido, segundo informações do Daily Mail.

 


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

Polícia

Homem é morto a tijoladas após brigar com amigo que deu em cima da mulher dele


Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

Homem foi morto pelo amigo em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso.

Um homem foi assassinado na tarde desse domingo (23) com golpes de tijolos na frente da casa dele, na Avenida Curitiba, no Bairro Jardim Amazônia, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Maurício Nunes da Silva, de 35 anos, foi morto após brigar com um amigo que teria dado em cima da mulher dele.

A briga entre os dois homens começou depois que a mulher de Maurício reclamou que recebeu uma cantada do ‘amigo’ do marido.

Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito e a vítima bebiam em uma casa. Maurício, ao chegar em casa, ouviu da mulher dele que o amigo teria dado em cima dela.

Os dois homens brigaram na casa da vítima. Testemunhas disseram que Maurício supostamente teria agredido o homem.

Ao revidar, o suspeito pegou um tijolo e golpeou Maurício, que morreu em frente de casa.

Os militares tentaram localizar o autor do homicídio, mas o suspeito não foi encontrado. O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1 Mato Grosso