Primavera do Leste / MT

HOME / NOTÍCIAS

Região

1º CASO EM MT: Mulher de Várzea Grande denuncia ao MP que é mais uma vítima de João de Deus


Uma moradora de Várzea Grande afirma ter sido vítima de abuso sexual cometido pelo médium goiano João Teixeira de Faria, o João de Deus. Ela foi ouvida pelo Ministério Público Estadual (MPE), em Várzea Grande.

De acordo com o MPE, o procurador-geral de Justiça, Luiz Alberto Esteves Scaloppe, encaminhou ofício a todos os membros da instituição alertando que os depoimentos colhidos, preferencialmente por áudio e vídeo, deverão ser encaminhados para a Força-Tarefa do Ministério Público de Goiás.

As vítimas residentes em Mato Grosso podem fazer denúncias presencialmente nas Promotorias de Justiça de cada município. Em Cuiabá, podem procurar, preferencialmente, o Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, localizado na sede das Promotorias de Justiça da Capital.

O MPMT informa que os denúncias também poderão ser prestadas pelo e-mail da ouvidoria no endereço: ouvidoria@mpmt.mp.br, pelo telefone 127 ou de forma presencial na Ouvidoria do MP, localizada na Sede da Procuradoria-Geral de Justiça em Cuiabá.

Uma força-tarefa criada pelo Ministério Público Estadual, para apurar as acusações contra João de Deus, recebeu 330 mensagens e contatos de mulheres que afirmam ter sido vítimas de crimes sexuais praticados pelo médium em todo o Brasil.

Pedido de prisão

Nesta sexta (14), o Tribunal de Justiça de Goiás acolheu pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e determinou a prisão do médium goiano. De acordo com a Agência Brasil, o processo tramita em segredo de Justiça e o Ministério Público de Goiás não irá se manifestar sobre o caso.

(RD News Com Assessoria)


COMENTÁRIOS

0 Comentários

Deixe o seu comentário!





*

HOME / NOTÍCIAS

política

Vereador Luis Costa solicita ao executivo a roçada de mato seco em terrenos baldios e caminhões pipas para molharem as ruas de chão


Da Redação

O clima seco é um dos vilões da boa respiração, é a falta de chuva, a poeira excessiva e as queimadas. Primavera do Leste não fica atrás da realidade nacional, pois o período da seca chega em média há durar três meses, e neste período as doenças respiratórias se agravam, principalmente nas crianças e idosos.

Neste último final de semana o vereador Luis Costa (PR) esteve nos Bairros Poncho Verde e São Cristovão, acompanhando a situação dos terrenos baldios que estão com muito mato seco.

“Esta época do ano, que o clima fica mais seco, tem que cuidar mais da saúde com prevenções, como por exemplo, realizar a roçada de alguns terrenos baldios espalhados pela cidade para evitar que pegue fogo. Estarei solicitando a secretaria de obras o serviço de roçada e limpeza dos terrenos principalmente nestes bairros com pontos mais críticos, porque se houver a queimada o fogo pode se espalhar rapidamente e atingir as residências da comunidade”. Explica o vereador Luis Costa.

Na sessão ordinária de segunda – feira (24), o legislador junto com o colega vereador Valmislei Alves dos Santos, falaram sobre as reclamações dos moradores do Bairro Guterres e região em relação à poeira.

“Este é outro problema que se agrava nesta época do ano, e a população não tem aguentando tanta poeira. Alguns bairros da cidade como o Guterres e região, são mais atingidos porque ainda existem algumas ruas sem asfalto, como exemplo, a rua próxima ao aeroporto que é um dos principais acessos aos bairros. Como o colega Valmislei disse, o executivo precisa colocar alguns caminhões pipas para molhar as ruas, porque se existe água para molhar as gramas, como não molhar as ruas de chão. Eu peço atenção da prefeitura em relação a esta situação que os moradores estão passando com tanta poeira, porque se não fazermos nada, as pessoas irão ficar doentes e sempre digo aqui, que a nossa prioridade tem que ser a saúde do cidadão”. Finaliza Luis Costa.